Entre em contato por e-mail

Confira nossos artigos e notícias

Conecte-se no Twitter com a Duplique Desembargador!

Download de aplicativos (como o Adobe Reader) e modelos de documentos e formulários

Acompanhe a evolução dos condomínios da Duplique Desembargador!

Conecte-se no Facebook com a Duplique Desembargador!

Conecte-se no Google Plus com a Duplique Desembargador!

Tenho um imóvel quitado, posso financiar outro?

Tenho um imóvel quitado, posso financiar outro?

Você já tem um imóvel em seu nome e está a procura de financiamento para o segundo? Confira quais as melhores modalidades para realizar essa nova conquista.

O sonho da casa própria existe na cabeça de muita gente e quando já o alcançou, muitas vezes é natural pensar em outros meios de investir ou até em conquistar um segundo imóvel, seja para o lazer ou para algum projeto profissional.

Mas, será que é possível realizar um segundo financiamento? Qual o cenário ideal para não se afundar em dívidas e evitar encargos? E se eu já tiver quitado o imóvel anterior?

São muitas perguntas e nessa matéria vamos falar exatamente sobre a dúvida de quem já passou por esse processo: Tenho imóvel quitado, posso financiar outro?

A resposta é sim! Porém, existem algumas ressalvas importantes e é preciso que você entenda cada uma delas. Antes de mais nada, como citamos antes, é preciso ter um excelente planejamento antes de assumir a dívida de um financiamento.

O primeiro passo é calcular com exatidão o valor dos seus rendimentos líquidos, o valor dos seus gastos mensais e a sobra desse montante, ou seja, quanto você poderá dispensar para o pagamento desse financiamento. Coloque nesse cálculo as contas obrigatórias, como luz e água, e deixe uma margem para possíveis aumentos, mas faça de tudo para diminuir o valor dessas contas.

Sobre as contas supérfluas: corte-as! Trate o financiamento como prioridade para evitar problemas e endividamentos futuros.

Lembre-se que, mesmo assinando um contrato, o imóvel só é de fato seu quando houver o pagamento da última parcela. Caso ocorra algum contratempo durante o financiamento e exista o atraso ou a tomada do imóvel pela financeira, o cliente pode perder tudo que já pagou até o momento.

1. Programa Minha Casa Minha Vida

Parece meio óbvio que possuindo um imóvel já quitado, qualquer indivíduo pode financiar um segundo imóvel. Porém não é bem assim. Um dos programas mais populares nos últimos anos, o Minha Casa Minha Vida, deu acesso ao sonho da casa própria para muita gente, mas ele possui algumas restrições.

Por exemplo, o programa é exclusivo para quem não possui nenhum imóvel registrado em seu próprio nome, além de servir apenas para moradia. Ou seja, caso você tenha um terreno, uma casa, uma loja, qualquer coisa registrada como sua propriedade, a sua participação no programa não será aprovada.

Veja outras restrições do programa:

– Quem possui nome no Cadastro Nacional de Mutuários, o CadMut.
– Quem possui renda acima de 10 salários mínimos.
– Quem já foi contemplado por programas habitacionais, mesmo que não possua mais o imóvel ou que tenha ocorrido há muitos anos.

Nesses casos, mesmo que seu imóvel já esteja quitado, não será possível realizar um segundo financiamento.

2. Instituições Financeiras

Caso você não faça a opção de participar de um programa habitacional ou não possa participar, é possível procurar qualquer outra instituição financeira e fazer um financiamento.

Nesse caso, é possível até mesmo usar o primeiro imóvel, já que ele está quitado, como garantia desse novo financiamento. A financeira vai precisar avaliar o imóvel em seu nome para aprovar o financiamento.

Porém, ainda temos algumas restrições para esse caso que pedem um pouco mais de atenção. Caso você tenha a necessidade de usar seu FGTS nesse segundo financiamento, saiba que essa alternativa só poderá ser válida se o imóvel que você já possui não estiver localizado na mesma região do imóvel que você deseja adquirir. As regiões dos dois imóveis não podem nem mesmo fazer limite.

3. Financiamento de dois imóveis

E se o seu primeiro imóvel não estiver quitado ainda? É possível entrar em um segundo financiamento?

Na Caixa Econômica Federal isso é possível desde que o banco reabriu o financiamento simultâneo. Além disso, o banco permite que o cliente financie imóveis já usados e não apenas novos. Com isso, o mercado imobiliário fica mais aquecido e as oportunidades de financiamento são maiores do que considerando apenas imóveis novos.

Bom, agora que você já sabe como funciona um segundo financiamento e quais as regras que o impedem, surge a dúvida sobre o que fazer com o imóvel antigo. Se o seu imóvel antigo é para moradia e você investiu em um imóvel para fins comerciais, ótimo! Quer dizer que você se tornou dono do seu próprio negócio.

Porém, se o segundo imóvel também é residencial, você pode considerar alugar o imóvel antigo e aumentar a sua renda mensal ou até revender e investir o valor da venda em uma terceira propriedade ou em um negócio próprio.

Considerando o fato de que nem sempre a nossa primeira aquisição, quando se trata do sonho da casa própria, é realmente tudo que queríamos e até o fato de que as possibilidades financeiras eram outras, você pode se desfazer desse bem e adquirir a casa que de fato sempre sonhou.

Seja qual for sua opção, avalie bem as oportunidades e não se esqueça do planejamento financeiro. Se for se sentir mais seguro, procure auxílio de um profissional especializado no assunto.

Fonte: Imovelweb

Encontre-nos no facebook