Entre em contato por e-mail

Confira nossos artigos e notícias

Conecte-se no Twitter com a Duplique Desembargador!

Download de aplicativos (como o Adobe Reader) e modelos de documentos e formulários

Acompanhe a evolução dos condomínios da Duplique Desembargador!

Conecte-se no Facebook com a Duplique Desembargador!

Conecte-se no Google Plus com a Duplique Desembargador!

3 dicas de como usar o estilo industrial como decoração

Pensando em redecorar a casa? Descubra 3 dicas incríveis de como usar esse estética para cria um apartamento decorado muito especial!

Um toque de ousadia e uma pitada de criatividade, temperados com muito charme e acolhimento. O estilo industrial conquista cada vez mais casas e apartamentos de todos os tamanhos – e em todos os lugares. Sim, quem imagina que ele é exclusividade dos imóveis urbanos, está muito enganado. Ele pode até ter nascido nos grandes centros, mas hoje se espalha por todos os cantos do planeta.

E não é para menos, a decoração no estilo industrial permite várias leituras. Dos clássicos galpões e lofts aos atualíssimos studios, ele é perfeitamente adaptável ao gosto do freguês. Surgido na década de 50 como uma adaptação de antigos imóveis comerciais ao uso residencial, integrando a casa ao trabalho, o industrial é um jeito muito original de decorar casa.

Trouxemos algumas dicas de como passar a sua personalidade através desse estilo tão especial. Veja como misturar elementos, usar a luminosidade e os materiais certos para conseguir efeitos incríveis e dar nova vida ao melhor lugar do mundo: a sua casa.

04_04_industrial

Desvendando a decoração no estilo industrial

Antes de mais nada, é preciso compreender como é o estilo industrial. Canos aparentes, colunas e bancadas em concreto, espaços integrados, ferragens e tubulações à mostra, ferro e vidro em grandes claraboias e janelas. Sim, mas será que isso basta para definir esse tipo de decoração?

Se você pensar que sim, corre o sério risco de cair no exagero e deixar o ambiente pesado e sem vida – ou então com cara de ferro velho. Não basta ter paredes descascadas e tijolinhos à vista, é preciso que acessórios e móveis estejam em harmonia com o clima industrial.

Agora sim, você está pronto para entender como encaixar as três dicas a seguir de forma a ter um apartamento decorado no estilo industrial que também reflita a sua personalidade. Preste atenção nos elementos, mas principalmente à essência que eles procuram transmitir – e inspire-se!

1 – Valorize a estrutura do imóvel na decoração industrial

A ideia para criar um apartamento decorado no estilo industrial é não disfarçar nada no imóvel – e se ele tiver alguns determinados elementos, melhor ainda. Escadas, tubulações visíveis, grandes janelas, paredes descascadas com tijolos maciços aparentes, instalações, pé direto alto sem forro.

Estes elementos deixam de ser defeitos ou sinal de desleixo e transformam-se no charme ousado da decoração industrial. Da mesma forma, você também pode incorporar alguns outros que reforcem essa imagem. A questão está, justamente, no equilíbrio. É preciso atenção para criar uma harmonia entre o ambiente e os móveis e acessórios.

Aposte nas texturas, por exemplo. Há hoje no mercado várias tintas que imitam cimento e concreto, essenciais para o estilo. E, neste caso, vale usá-las em todas as paredes ou em apenas algumas, de forma pontual.

Por outro lado, se o imóvel é antigo, você pode aproveitar as estruturas que já existem. Casas do início do século passado, por exemplo, costumavam ser construídas com tijolos maciços. Se for este o caso, tudo o que você tem a fazer é retirar o reboco de pelo menos uma das paredes.

Ao se mudar, vale também deixar instalações elétricas e hidráulicas externas, por fora das paredes. Neste caso, dê preferência aos metalizados, com jeito de antiguinho e usado.

2 – Recicle e minimalize em seu apartamento decorado

Sim, reciclar é preciso, além de ser ecologicamente correto é também a própria essência da decoração industrial. Por outro lado, ela é também minimalista. Quanto mais rústicas portas e janelas, e reaproveitados acessórios e móveis, melhor.

Uma boa dica é investir no estilo high-low, aquele que mistura peças de design com artigos reciclados. Isso significa compor com uma mesa feita de pallets, por exemplo, com uma luminária assinada; ou cadeiras de ferro envelhecido ou enferrujado (aliás, quanto mais enferrujado, melhor) com madeira de demolição.

A estética industrial, lembre-se, não é arrumadinha. Ela é crua, sem ser fria. O vintage é agregado e bem-vindo, reforçando o estilo. Inclua objetos de memória, como livros, lembranças de viagens e fotografias em preto e branco.

Já as cores têm uma tendência monocromática, variando entre o cinza e o preto, o marrom e o tijolo. Não é por isso, no entanto, que a paleta de cores tenha que ser restrita a apenas esses tons. Nada impede que você use pontualmente cores quentes contrastantes. Escolha uma cor de destaque para aquecer o ambiente, como o vermelho ou o amarelo.

3 – Trabalhe a integração de ambientes na decoração

Outra característica da decoração industrial é a integração de ambientes. Por isso, se a sua ideia é aderir à estética, na hora de escolher sua casa nova informe-se com o corretor sobre a possibilidade de derrubar paredes. Lembre-se que paredes estruturais não podem ser colocadas abaixo.

Pés direitos altos também contam bastante para a composição do estilo, assim como janelas amplas e panos de vidro. Para reforçar a sensação de amplitude você pode usar alguns recursos, como uma iluminação correta e a utilização de trilhos com spots. Além de aumentarem a sensação de cumprimento do ambiente, eles provêm iluminação indireta, com foco direcionado.

O design bruto dos móveis também dá a sensação de espaço. Pés palito, acabamentos tubulares e detalhes em metal em peças de madeira criam um clima ao mesmo tempo clean, descontraído e confortável. Dê um tom icônico com peças familiares, criando um mix harmonioso que defina o estilo, mas não o engesse como se fosse uma vitrine.

Dessa forma você estará criando um apartamento decorado no melhor estilo industrial: o seu.

Fonte: ImovelWeb

Encontre-nos no facebook