Entre em contato por e-mail

Confira nossos artigos e notícias

Conecte-se no Twitter com a Duplique Desembargador!

Download de aplicativos (como o Adobe Reader) e modelos de documentos e formulários

Acompanhe a evolução dos condomínios da Duplique Desembargador!

Conecte-se no Facebook com a Duplique Desembargador!

Conecte-se no Google Plus com a Duplique Desembargador!

3 dicas de cores para quartos de crianças

Fase da vida pede que as cores mais vibrantes sejam utilizadas, mas tome cuidado para não deixar o cômodo mal iluminado.

As cores possuem significado em nossa vida e podem marcar momentos especiais. O verde, por exemplo, remete à esperança, o amarelo ao dinheiro, o vermelho ao amor e o branco é o símbolo universal da paz.

O bacana na hora de escolher as cores para um quarto infantil, é que é possível brincar com todos os tons disponíveis em uma paleta e reunir os mais diversos efeitos. Antigamente, quando se pensava na decoração de um quarto para meninos, logo vinha à cabeça a cor azul e, para as meninas, a cor rosa. Essa tendência mudou e esses tons não são mais os favoritos quando a ideia é montar um quarto com criatividade.

Mas, em meio a tantas cores, qual seria a escolha ideal para decorar o quarto de uma criança? Uma cor vibrante ou uma cor delicada? Quer tornar o mundo do seu filho ainda mais fantástico? Veja a seguir as 3 dicas que separamos para a utilização de tons em quartos para crianças.

Cores para cada idade

Uma criança costuma passar grande parte do seu dia brincando. Portanto, é muito importante que esse ambiente seja agradável aos olhos.

A cor é primordial para a decoração de um cômodo. Mas não existem regras na escolha ideal de um tom por idade ou pelo sexo da criança.

O importante é que você se coloque no lugar dela. Qual cor você escolheria se tivesse 5 ou 10 anos? Qual tom te deixaria mais alegre ao olhar para o seu quarto? As cores vibrantes tendem a ser preferência das crianças mais velhas, tons mais suaves para as novas. Mas, como foi dito, isso não é uma regra.

Se você está em dúvida, uma boa opção é deixar o seu filho escolher a cor. Ele vai adorar a ideia de pintar o seu próprio mundo. Vamos aos tons para que você possa auxiliá-lo nessa escolha:

Tons neutros

Os tons neutros deixam o ambiente com um estilo clássico: bege, cinza e branco. Mas, acreditamos que o quarto de uma criança deve ser alegre e divertido, com mais opções de cores.

Como a mistura de cores também está em alta, nada te impede de utilizar tons claros nas paredes, casando com objetos coloridos. Para os móveis, opte por cores que lembram o desenho animado preferido do seu filho, por exemplo. Dessa forma, o quarto da criança vai fugir daquele tom formal característico de um quarto de adulto.

Duplas perfeitas

A grande sacada na hora de mesclar as cores é a utilização correta das nuances. Pinte uma aquarela e misture o verde, o amarelo e o azul. Deixe a sua imaginação e a do seu filho fluírem juntas.

Alguns tons formam boas duplas, como o lilás e o pink, o verde e azul. Essas cores quentes abrigam um estilo despojado e podem ser utilizadas no quarto, a partir de um bom papel de parede.

Mas, para você que não gostaria de ousar tanto, até um branco cabe bem, principalmente para quartos que são divididos, como no exemplo acima.

Cores vivas ou cores fortes

Como a tabela de cores possui um farto leque de opções, não disponha de cores muito fortes em todas as paredes. O ambiente pode ficar muito escuro ou mal iluminado.

Se for o caso, faça uma parede utilizando uma cor mais forte de fundo e, nas demais, utilize um tom mais neutro. Uma dica para conservar a tinta de uma parede, já que sabemos que as mãos de uma criança são bem inquietas, é a utilização de um verniz impermeabilizante, para aumentar a durabilidade do produto.

Fonte: ImovelWeb

Encontre-nos no facebook