Entre em contato por e-mail

Confira nossos artigos e notícias

Conecte-se no Twitter com a Duplique Desembargador!

Download de aplicativos (como o Adobe Reader) e modelos de documentos e formulários

Acompanhe a evolução dos condomínios da Duplique Desembargador!

Conecte-se no Facebook com a Duplique Desembargador!

Conecte-se no Google Plus com a Duplique Desembargador!

5 dicas para lidar com vizinhos barulhentos

Soluções para resolver problemas vão desde conversas amigáveis com os vizinhos até reformas para evitar o barulho.

Barulho de salto alto às 23h, bebê chorando madrugada adentro, brigas homéricas a qualquer hora do dia. A vida de quem tem que conviver com vizinhos barulhentos não é nada fácil. Mas seu problema tem solução. O primeiro passo é sempre buscar uma alternativa amigável, com um bom papo. Caso este método não funcione, você pode apelar para a administração do condomínio. Prefere não se desgastar? Então procure blindar sua casa contra os barulhos inconvenientes. Confira as dicas:

Tenha uma boa conversa

Muitas vezes o barulhento nem sabe que está incomodando quem mora perto dele. Então, antes mesmo de tomar qualquer outra providência, procure seu vizinho e explique o problema, colocando as suas razões. Tem coisas que podem ser facilmente resolvidas (caso sua questão seja com barulho de salto no andar de cima, a vizinha pode instalar um carpete ou até mesmo parar de usar o sapato em casa, por exemplo). Outros barulhos, no entanto, já exigem um pouco mais de paciência da sua parte, como choro de bebê e latido de cachorro. Neste caso, procure ter boa vontade, já que não são sons controláveis. Bom senso de ambos os lados é a chave de tudo.

Informe o condomínio

Conversou com o vizinho, mas ele não tomou nenhuma providência em relação ao barulho? O próximo passo, no caso de quem vive em apartamento, é apelar para o condomínio. Informe o seu síndico sobre o problema e deixe que ele, a administradora ou até mesmo o advogado do condomínio tome providências em relação à barulheira causada pelo vizinho.

Instale um drywall

Não quer se aborrecer ou é vítima de barulhos que não têm solução a curto prazo, como choro de bebê? Então trate de proteger a sua casa para ficar livre dos indesejáveis sons externos. Uma opção é instalar um drywall, evitando que você escute no interior do apartamento ruídos aéreos (como gritos e choro). Você pode instalar o drywall –  chapas de gesso acartonado com enchimento de lã – no teto, caso o barulho venha de cima. A barulheira é bem ao seu lado? Drywall também é a solução. O revestimento é adicionado a uma parede que já existe, evitando o quebra-quebra. Se o seu problema são sons que vêm do banheiro do vizinho, como chuveiro e descarga, o revestimento pode ser instalado também em cozinhas, lavanderias e banheiro.

Troque as janelas e os basculantes

Caso os barulhos que tanto incomodam venham de fora, do prédio da frente, por exemplo, uma solução é trocar janelas e/ou basculhantes por modelos que permitam isolamento acústico e vedação completa. Esta opção só é válida para quem mora em edifícios que permitam alteração da fachada, pois este modelo de janela abre para fora, o que é proibido em alguns condomínios.

Opte por portas antirruídos

O barulho que incomoda vem diretamente da sua varanda? Então instale uma porta antirruído por dentro. A peça funciona como uma segunda porta instalada de forma sobreposta a que já existe. Bônus: não precisa quebrar nada nem trocar peças para instalar!

Você convive com vizinhos barulhentos? Como está lindando com este problema? Conte as suas dicas nos comentários!

Fonte: ImovelWeb

Encontre-nos no facebook