Entre em contato por e-mail

Confira nossos artigos e notícias

Conecte-se no Twitter com a Duplique Desembargador!

Download de aplicativos (como o Adobe Reader) e modelos de documentos e formulários

Acompanhe a evolução dos condomínios da Duplique Desembargador!

Conecte-se no Facebook com a Duplique Desembargador!

Conecte-se no Google Plus com a Duplique Desembargador!

A culpa é do síndico?

Em condomínios, a principal figura da administração com certeza é o síndico, afinal, é ele quem tem a maior responsabilidade na gestão do condomínio, resumidamente as atribuições do síndico são manutenção das áreas e bens comuns. Mas suas ações estão restritas ao orçamento previamente aprovado na Assembleia Geral anual. Outros tipos de obras devem ser tratados e aprovados separadamente, assim chegamos em um dilema: como tomar decisões para tantos proprietários se são poucos os que participam das deliberações?

Os problemas de manutenção e conservação das áreas comuns do condomínio são visíveis para todos, mas uma pequena parte dos condôminos participa das assembleias para auxiliar nas tomadas de decisão. Isso quando, dentro da minoria que ajuda nas decisões, por não utilizarem certas áreas ou equipamentos, acham que manutenção e atualização dos mesmos são gastos supérfluos.

Então o síndico se vê de mãos atadas, ficando refém da decisão de poucos condôminos que participam das assembleias, assim podendo correr o risco de não agradar maioria dos condôminos. Para mudar essa situação é necessário que os moradores tenham uma participação maciça nas assembleias, pois, decisões tomadas pela maioria de 100% dos moradores tem uma representatividade muito maior que uma decisão tomada pela maioria de 10% dos moradores do condomínio.

Fonte: SeuCondominio

Encontre-nos no facebook