Entre em contato por e-mail

Confira nossos artigos e notícias

Conecte-se no Twitter com a Duplique Desembargador!

Download de aplicativos (como o Adobe Reader) e modelos de documentos e formulários

Acompanhe a evolução dos condomínios da Duplique Desembargador!

Conecte-se no Facebook com a Duplique Desembargador!

Conecte-se no Google Plus com a Duplique Desembargador!

Ano Novo, casa nova? Veja o que é imprescindível ao se mudar para o 1ª lar

Montar a primeira casa é um passo importante na vida adulta de qualquer pessoa. Junto com a liberdade e a independência conquistadas, essa etapa costuma ser acompanhada de alguns desafios. Mobiliar e equipar o imóvel, geralmente com poucos recursos e com baixa experiência, é um deles. Para quem está atravessando esse momento, conversamos com alguns arquitetos e decoradores em busca de dicas práticas. Encaixote a vida e divirta-se no novo lar!

downloadPor onde começar? Quando não é possível mobiliar a casa toda de uma só vez, a saída é priorizar o que é essencial. Geralmente, isso significa adquirir peças-chave para áreas sociais (sofá e TV), cozinha (fogão e geladeira) e quarto (cama). Móveis para organizar a lavanderia, aparadores, mesas laterais e criados-mudos podem ser comprados em um segundo momento, assim como acessórios, por exemplo, tapetes, prateleiras e quadros.

Equipamentos básicos – A cozinha é um dos cômodos que demandam maior dedicação do “dono de casa de primeira viagem”. Afinal, são muitos utensílios e equipamentos, sobretudo para quem pretende cozinhar e receber amigos. O que não pode faltar? Geladeira e fogão/ cooktop são indispensáveis, bem como o(s) armário(s). O forno de micro-ondas é bastante prático, mas fica para o segundo plano. E a máquina de lavar louças, ainda que pequena, pode esperar um pouco mais.

Acessórios para a cozinha – Entre os utensílios, a lista básica é composta por: pratos, talheres, copos, jogo de panelas com frigideira, talheres de preparo e de servir (colheres de pau, escumadeira e concha, por exemplo), ralador, utensílios para fazer e servir café, liquidificador e/ ou mixer, facas e tábua de corte e potes com tampa. Lembre-se que tudo o que você usa na cozinha está relacionado ao seu estilo de vida.

Você curte beber em casa? Então sua cozinha não pode prescindir de saca-rolhas e abridor de garrafas. Você gosta de cozinhar? Então, não deixe de incluir em sua lista assadeiras antiaderentes, escorredor de massa e luva antitérmica. Na hora de escolher os itens, a designer de interiores Iara Kílaris sugere optar por aqueles que também possam exercer a função decorativa. Panelas de inox ou de ferro coloridas, por exemplo, conferem um toque especial à cozinha. O mesmo acontece com eletroportáteis, copos e taças elegantes.

Salas de estar, TV e jantar – Novamente a lista de prioridades varia de acordo com o perfil do morador. Para quem gosta de receber amigos em casa, ter assentos disponíveis é importante. Então, vale investir em sofá, poltronas, cadeiras e mesa de jantar. Se tiver pouco espaço, opte por peças de uso flexível, como pufe que vira mesa de centro. Se você é do tipo que curte assistir TV sossegado, porém, o melhor é adquirir primeiro um sofá confortável e em um rack para acomodar a televisão.

Enxoval básico – O mínimo desejável é que haja dois exemplares de cada item, para que sempre haja uma peça disponível enquanto a outra estiver sendo lavada. Ou seja: duas toalhas de banho e duas de rosto para cada morador, além de dois jogos completos de lençóis, dois edredons e dois travesseiros por cama. A designer Iara Kílaris recomenda dar preferência a cores neutras para o enxoval do quarto. “Isso facilita a criação de várias composições pela introdução de cores apenas pelo uso de almofadas e mantas”, explica.

Enxoval da mesa – Além das roupas de cama e banho, a casa precisa de um enxoval para a mesa e cozinha. A recomendação é que se possua, no mínimo, duas toalhas de mesa, dois jogos americanos (com quantidade de peças referente ao número de moradores) e seis panos de prato.

Imóvel alugado – Para quem vai morar de aluguel, uma preocupação constante deve ser investir em peças que possam ser levadas para outras moradias, em eventuais mudanças. Nesses casos, a dica é evitar móveis sob medida. Atente-se às medidas e revestimentos, para que o mobiliário se adapte a diferentes residências, como por exemplo, um sofá de três lugares em tecido neutro, uma poltrona média (80 cm x 80 cm) e uma cama (1.58 m x 1.98 m), sugerem as arquitetas Luciana Bulos e Anna Gabriela Teixeira.

No quarto – A cama é o primeiro item a ser adquirido para esse cômodo e é importante que ela seja confortável. O modelo box, cada vez mais popular, é também bastante prático e tem boa relação custo-benefício. Resolvido o local para dormir, pense em um guarda-roupa (arara e/ ou cômoda, se a grana estiver curta) e só então nas cortinas.

Área de serviço/ lavanderia – Esse é um cômodo muitas vezes esquecido, mas fundamental para a vida prática. Nos tempos atuais, uma máquina de lavar roupas é item de primeira necessidade. Porém, na hora de montar a sua casa, não dispense o que “não aparece”: você precisará de uma lixeira prática, varais e de acessórios de limpeza (panos, vassoura, rodo, pá etc.)

Fonte: UOL

Encontre-nos no facebook