Entre em contato por e-mail

Confira nossos artigos e notícias

Conecte-se no Twitter com a Duplique Desembargador!

Download de aplicativos (como o Adobe Reader) e modelos de documentos e formulários

Acompanhe a evolução dos condomínios da Duplique Desembargador!

Conecte-se no Facebook com a Duplique Desembargador!

Conecte-se no Google Plus com a Duplique Desembargador!

Aprenda a combinar os azulejos geométricos e dê um ‘up’ na sua casa

Revestimentos são encontrados em diversas faixas de preço e dão personalidade ao ambiente

São inúmeros os padrões, cores, formas e desenhos formados pela junção de algumas peças. E é compreensível ter dúvidas sobre escolha e combinação de azulejos geométricos quando se tem tantas opções no mercado. Para a arquiteta Leila Leme, do escritório Maloca Querida, o revestimento decorado deixa o ambiente charmoso, pois resgata um item antigo como releitura. “Eles também trazem personalidade e renovam o astral do espaço, pois são divertidos e alegres”, opina.

É possível voltar em diversos momentos da humanidade para resgatar o uso dos azulejos geométricos: eles passaram pelo Império Otomano, pelos Mouros que habitaram a península Ibérica…e aí é só história. Em pleno século XXI, as peças são disputadas nas lojas de revestimentos, mas democráticas que são, cabem em todos os bolsos, basta uma pesquisa. Na Telha Norte, uma caixa parte de R$ 45, enquanto na Cubo Azuleijaria , os preços variam entre R$ 299 e R$ 349 o m². Nas chamadas lojas “cemitérios” de azulejos, que vendem revestimentos já não produzidos, uma unidade parte de R$ 15. A caça ao “tesouro” pode ser bem divertida.

 

azulejo geométrico
É compreensível ter dúvidas sobre escolha e combinação de azulejos geométricos quando se tem tantas opções no mercado (Foto: Reprodução/Pinterest)

 

Azulejos geométricos podem ser utilizados praticamente em todos os lugares: na cozinha, no banheiro, na sala e em áreas externas. “E o mais legal é que podemos aplicar nas paredes, no chão, ou em apenas em uma parte para dar destaque a um detalhe”, sugere a arquiteta e designer de interiores da Tsuru Arquitetura, Ana Carolina Faria.

 

Azulejo geométrico
É preciso ter em mente a composição utilizada e se a opção é por um ambiente mais neutro ou mais colorido (Foto: Reprodução/Pinterest)

 

Para Ana, a tarefa principal e mais importante é planejar onde o azulejo será aplicado. É preciso ter em mente a composição utilizada e se a opção é por um ambiente mais neutro ou mais colorido. “Tudo vai muito do gosto do usuário e qual a proposta que queremos para o cômodo”, pontua.

 

Azulejo geométrico
Azulejos geométricos podem ser utilizados praticamente em todos os lugares: na cozinha, no banheiro, na sala e em áreas externas (Foto: Reprodução/Pinterest)

 

Certo e errado

Existem algumas “regrinhas” para a composição. Quando o azulejo é estampado, a sugestão é combinar as cores fortes com as mais claras, trazendo assim equilíbrio. Já quando o azulejo for neutro, não há problema algum em colocá-lo em todo o ambiente. “O ‘subway tiles’ (tradicionais azulejos retangulares com rejunte aparente, usados em estações de metrôs) por exemplo, virou febre e vem ganhando as cozinhas e banheiros do mundo inteiro, e fica clássico e moderno na medida certa”, diz profissional da Tsuru Arquitetura.

 

Azulejo geométrico
Existem algumas “regrinhas” para a composição. Quando o azulejo é estampado, a sugestão é combinar as cores fortes com as mais claras (Foto: Reprodução/Pinterest)

 

Não tenha medo de misturar azulejos com estampas diferentes. É possível criar um design totalmente personalizado para o ambiente. “Mas é sempre importante levar em consideração as cores e móveis do lugar para que fique equilibrado e sem exageros (…)Quanto às cores, é bom não abusar e optar por no máximo quatro delas”, orienta Leila.

 

Azulejo geométrico
Não tenha medo de misturar azulejos com estampas diferentes. É possível criar um design totalmente personalizado para o ambiente (Foto: Reprodução/Pinterest)

 

Entre outras coisas, vale lembrar que, em lugares muito pequenos, não é aconselhável utilizar azulejos estampados de cores muito escuras, pois trazem a sensação de que o ambiente é ainda menor. Atente-se ainda para não exagerar nas texturas e grafismos. É importante haver pontos lisos, sem informação, em um determinado ambiente. “O mais interessante é que com a volta deste tipo de azulejo, as empresas procuraram inovar e criar novos padrões de azulejos geométricos, arabescos e florais. Dessa forma, temos um produto ‘antigo’, mas com uma repaginação e um design novo. Feitos também com uma tecnologia nova, eles são mais duráveis”, completa Ana.

 

Azulejo geométrico
Entre outras coisas, vale lembrar que, em lugares muito pequenos, não é aconselhável utilizar azulejos estampados de cores muito escuras (Foto: Reprodução/Pinterest)
Azulejo geométrico
Atente-se ainda para não exagerar nas texturas e grafismos (Foto: Reprodução/Pinterest)
Azulejo geométrico
É importante haver pontos lisos, sem informação, em um determinado ambiente (Foto: Reprodução/Pinterest)
Azulejo geométrico
O mais interessante é que com a volta deste tipo de azulejo, as empresas procuraram inovar e criar novos padrões de azulejos geométricos, arabescos e florais (Foto: Reprodução/Pinterest)
Azulejo geométrico
Quanto às cores, é bom não abusar e optar por no máximo quatro delas (Foto: Cubo Azulejaria/Divulgação)

Fonte: ZAP Imóveis

 

Encontre-nos no facebook