Entre em contato por e-mail

Confira nossos artigos e notícias

Conecte-se no Twitter com a Duplique Desembargador!

Download de aplicativos (como o Adobe Reader) e modelos de documentos e formulários

Acompanhe a evolução dos condomínios da Duplique Desembargador!

Conecte-se no Facebook com a Duplique Desembargador!

Conecte-se no Google Plus com a Duplique Desembargador!

Checklist: saiba o que fazer após pegar as chaves de um novo imóvel

Com os próximos passos planejados sua mudança se tornará muito mais rápida

Pegar as chaves de um novo imóvel é sempre um momento muito aguardado. Não importa se ele foi comprado na planta (o que gera ainda mais ansiedade) ou usado, a vontade de entrar em definitivo no local é imensa.

Por isso, planejar o que fazer logo após a aquisição das chaves ajuda a otimizar o tempo de preparação da casa ou apartamento para que a mudança aconteça o mais rápido possível. Abaixo você confere a lista que o ZAP em Casa fez com os passos que você deve seguir antes de chamar o novo canto de lar.

Solicite a ligação da energia elétrica e a instalação do gás

 


(Foto: Shutterstock)

 

A primeira coisa a fazer é pedir na companhia elétrica da sua cidade que a energia da sua casa seja ligada ou religada no caso do imóvel já ter sido habitado. Se você estiver vivendo a segunda opção, também precisará comparecer em algum ponto de atendimento da companhia para passar a conta de luz para o seu nome. Lembre-se de dar prioridade a isso, pois caso haja reforma, os fornecedores precisarão de luz para trabalhar. A instalação do gás também é primordial, pois o aquecedor já deve estar instalado antes que os revestimentos e móveis planejados sejam colocados.

Crie um projeto de reforma e decoração


(Foto: Shutterstock)

 

É possível procurar os serviços de um arquiteto ou engenheiro mesmo antes de pegar as chaves, é só ter a planta do apartamento em mãos. Mas, caso você ainda não tenha passado por essa etapa, ela deve ser a primeira a receber sua atenção. Profissionais te ajudarão (e muito!) a planejar seu futuro lar, tanto no âmbito de espaço quanto no de orçamento, já que eles conseguem adequar o dinheiro que você tem disponível às possibilidades de mercado.

Priorize o que você precisa para mudar

 


(Foto: Shutterstock)

 

Você pode até ter um projeto completo feito para a sua casa, mas é importante saber que você não precisa ter ele finalizado para se mudar. Priorize a base do imóvel, isso é: piso, gesso, azulejos e revestimentos, pintura, bancadas da cozinha e dos banheiros, e parte elétrica e hidráulica. A seguir, pense nos itens indispensáveis para você conviver bem no local: armários da cozinha, cama, sofá – estes são pontos que você mesmo vai definir de acordo com o seu estilo de vida. Feito e comprado tudo isso, você pode dar atenção aos toques finais da decoração depois que se mudar.

Contrate fornecedores

 


(Foto: Shutterstock)

 

Nesta etapa você vai precisar ir atrás de todos os itens listados acima para a base do imóvel, assim como dos móveis planejados (se for o caso, pois muitas vezes imóveis usados já vêm com armários embutidos). A dica aqui é: pesquise incansavelmente. Muitos itens de reforma, como pisos e cerâmicas, por exemplo, podem variar até 150% de preço. Então, se a pedida é economizar, não se conforme com o primeiro orçamento que receber.

Contrate fornecedores e mão-de-obra

 


(Foto: Shutterstock)

 

Chegou uma das partes mais difíceis da sua pré-mudança: encontrar mão-de-obra de confiança. E para isso não há uma fórmula mágica, o segredo é procurar indicações de amigos e contratar o profissional com melhor recomendação que você puder. Muitas vezes, em condomínios novos, é fácil encontrar profissionais que estejam perto de acabar uma obra vizinha e dispostos a pegarem mais serviços no local. Depois que definir os contratados, lembre-se de comunicar a portaria, caso o seu imóvel seja em um condomínio, e deixar uma lista de pessoas autorizadas a entrarem na sua obra; essa é uma questão de segurança.

Providencie serviços essenciais


(Foto: Shutterstock)

 

Assim que a reforma for finalizada e a mudança feita, você pode começar a solicitar os serviços que precisará no dia a dia, como internet, telefone e tv a cabo. Se o seu imóvel estiver em um condomínio fechado, é provável que existam restrições quanto às empresas disponíveis no local, contate a portaria e se informe antes de solicitar o serviço.

Faça uma limpeza completa no local

 


(Foto: Shutterstock)

 

Se tem uma tarefa pesada na fase pré-mudança é a limpeza da casa pós-reforma. Portanto, organize um mutirão entre os familiares ou contrate uma empresa especializada, hoje em dia existem algumas companhia que enviam mais de uma profissional para fazer a limpeza doméstica por preços bem acessíveis. Por fim, com a casa limpinha e renovada, você estará pronto para curtir o novo lar.

Fonte: https://revista.zapimoveis.com.br/

Encontre-nos no facebook