Entre em contato por e-mail

Confira nossos artigos e notícias

Conecte-se no Twitter com a Duplique Desembargador!

Download de aplicativos (como o Adobe Reader) e modelos de documentos e formulários

Acompanhe a evolução dos condomínios da Duplique Desembargador!

Conecte-se no Facebook com a Duplique Desembargador!

Conecte-se no Google Plus com a Duplique Desembargador!

Como fazer diferentes tipos de textura em parede?

Você conhece as texturas de parede? São uma excelente opção para renovar o visual da sua casa sem gastar muito. Aprenda a fazer diferentes tipos!

Sabe aquela vontade de mudar a decoração da casa, mas ao mesmo tempo sem ter que passar por grandes transformações em todo ambiente? Que tal renovar uma parede não só na cor, mas também em sua textura?

Apesar de parecer trabalhosa à primeira vista, essa técnica vem conquistando o coração e as paredes de várias pessoas, principalmente por seu custo benefício e praticidade. Com um pouco de paciência e dedicação você mesmo pode fazer mudanças incríveis na sua casa.

E para uma textura bem-feita, não tem segredo! Você precisa começar limpando a superfície escolhida e reparar qualquer imperfeição, para que sua parede fique lisinha. E ah! É sempre bom lembrar de proteger todos os móveis e pisos para que não saiam danificados.

Tá, mas e agora? Uma boa sugestão é procurar referencias antes de ir às compras. Adicionar textura às paredes depende de bastante pesquisa, já que cada tipo de acabamento tem seus próprios necessários ou apropriados.

Por isso, para quem já decidiu seu estilo de acabamento e para aqueles que ainda não sabem qual tipo de textura escolher, nós separamos algumas dicas de como fazer diferentes tipos de textura em parede:

Vamos começar por um dos acabamentos favoritos na decoração de casas e apartamentos, o de cimento queimado. Para fazer esse tipo de textura, você só precisa de uma esponja para pintura e tinta apropriada para paredes.

Com o auxílio de uma esponja grande, molhe de tinta e vá espalhando pela parede em movimentos de “arrastar”. As falhas serão visíveis e esse é o charme do efeito!

Com a secagem da primeira camada e aplicação de uma segunda mão, você conseguirá ver que mesmo com um preenchimento que não é perfeito, o visual fica incrível e cheio de personalidade.

Um pouco mais elaborado, outro efeito que dá um acabamento totalmente diferente para as paredes é a técnica do vassourado. Com o auxílio de uma vassoura com as cerdas mais duras e resistentes, como a de piaçava, faça movimentos retos na vertical ou horizontal para o efeito de listras ou até mesmo a mão livre, girando e criando formas e desenhos na tinta ainda fresca.

É importante que seja feito na tinta ainda úmida para que o efeito seja notado sem grandes dificuldades.

Até o efeito de tijolinhos pode ser replicado nas paredes da sua casa com facilidade. Através de uma marcação feita com fita crepe, é possível criar o desenho de tijolos atravessados em várias fileiras diferentes.

Ao pintar, passe a tinta por cima de toda a parede ainda com a fita e só remova quando tudo estiver seco. Rapidamente o desenho dos tijolos irá surgir.

E como fazer textura com argamassa e massa corrida? É simples! Para um acabamento quadriculado, você vai precisar apenas da massa para textura e uma espátula. A técnica faz com que a parede fique parecida com o acabamento de um azulejo com desenhos em relevo.

É importante que a parede esteja lisinha, bem lixada e pronta para receber uma boa camada de massa. Após a aplicação, basta passar a espátula por cima, criando a arte quadriculada. A finalização com cores e tintas fica a seu critério.

Para fechar, um dos acabamentos queridinhos do momento: aprenda como fazer o efeito de papel de parede com rolos desenhados. Geralmente, você consegue encontrar rolos, desses bem parecidos com pinceis em rolinhos, com desenhos de flores e folhas, filigranas decorativas e ornamentos variados em sua superfície.

Os desenhos costumam vir gravados em relevo em toda a extensão do rolo de pintura e o efeito fica incrivelmente bonito quando aplicado na parede.

Mas para quem quer o mesmo efeito sem gastar muito, é possível criar moldes vazados em cartolinas ou em um papel um pouco mais duro, com o desenho que quiser, e pintar a moda antiga, ou seja, pintando sob o molde.

Para ambas as ideias, o ideal é usar duas cores ou tons diferentes, uma para a base da parede e outra para o desenho do rolo ou dos moldes. Dessa forma, ocorrerá um contraste com o fundo, imprimindo a ilustração diretamente sobre a camada da tinta anterior já seca.

Legal, né? Dá para criar vários tipos de ambientes com esses rolos decorativos.

Está vendo como é fácil? Com poucos materiais, você é capaz de transformar sua casa num ambiente decorado cheio de estilo e personalidade. E se você gostou das dicas não deixe de compartilhar com amigos! Renovar faz bem!

Fonte: http://www.imovelweb.com.br/

Encontre-nos no facebook