Entre em contato por e-mail

Confira nossos artigos e notícias

Conecte-se no Twitter com a Duplique Desembargador!

Download de aplicativos (como o Adobe Reader) e modelos de documentos e formulários

Acompanhe a evolução dos condomínios da Duplique Desembargador!

Conecte-se no Facebook com a Duplique Desembargador!

Conecte-se no Google Plus com a Duplique Desembargador!

Como montar um jardim vertical em casa

Confira nossas dicas e aprenda a fazer um jardim vertical em casa. É mais fácil de fazer do que você imagina!

As cidades estão cada vez mais cinzentas, cheias de cimento e concreto, inspirando um forte ar urbano por todos os cantos. Além disso, com a alta demanda de moradias, os espaços disponíveis para áreas verdes são cada vez mais reduzidos. Inclusive, a maioria destas são apartamentos e casas cada vez menores, por ocuparem menos espaço.

Portanto, para respirar um pouco de verde e trazer a natureza para dentro de casa, a melhor opção é ter um jardim vertical! Ele pode ser feito no quintal ou em ambientes internos, como no hall ou na sala. Se a sua escolha for a segunda, porém, é necessário que se tenha alguns cuidados no momento de montar e fazer a manutenção desse jardim privado, por se tratar de um recinto fechado.

Vamos lá! Faça você mesmo seguindo as dicas a seguir:

TIPOS DE PLANTAS

Como dito anteriormente, o jardim vertical pode ficar na sua varanda ou até na sua sala. Dessa forma, é preciso entender antes quais espécies de plantas serão melhores em cada ambiente. Jardins que ficarão expostos ao sol ou que receberão luz solar direta, além de vento e chuva, não podem abrigar plantas com folhas muito delicadas. O ideal é utilizar samambaias, flores como a orquídea ou até árvores de jardim nessa composição. Verifique se a área vai permitir o desenvolvimento da planta e se há espaço para a raiz. Confirme também se não é uma planta do tipo trepadeira, pois, se for, será necessária uma manutenção maior para que você não perca o controle do crescimento da planta e não incomode seus vizinhos, caso seu jardim vertical esteja em um apartamento.

Já se o seu jardim for interno e não receber tanta luz direta, opte por temperos como hortelã, manjericão, alecrim, pimenta e outras ervas. Além de deixar o ambiente mais natural, as plantas podem ser usadas nas suas receitas. Outra boa opção, principalmente se você for alguém que trabalha bastante e não para em casa, são as suculentas ou os cactos. Esse tipo de planta não precisa de irrigação diária e se desenvolve bem em locais com muita sombra.

RECIPIENTES

Estrado de cama: Dentro ou fora de casa você pode usar um estrado de cama como uma base para prender vários vasos, com espécies variadas de plantas. Esse estrado pode ser pregado na parede de diversos ambientes, seja na sala, no quarto ou até na varanda do apartamento.

jvertical 3 estrado de cama

Moldura de quadro antiga: Para quem tem um espaço bastante reduzido, por que não fazer um quadro vivo? Use uma moldura de madeira, acrílico, ou outros materiais e preencha o interior com vários tipos de suculentas. Ficará um charme!

jvertical 1 moldura de madeira

Canos de PVC: Outra ótima alternativa é criar uma cortina de plantas. Isso pode ser feito com canos de PVC cortados pela metade, terra e plantinhas pequenas. É simples, basta cortar o cano em tamanhos pequenos e depois reparti-lo pela metade, de forma que a circunferência desse plano fique aberta. Você pode pintar de várias cores ou de uma cor só. Prenda essas metades em sequência com fio de náilon ou outro tipo de cordão, dando um espaço de 15 ou 20 centímetros entre eles. Escolha uma porta ou parede, pendure como uma cortina, depois é só preencher com terra e plantar sua mudinha de temperos ou flores. Veja a foto desse exemplo e confira como fica lindo!

jvertical 4  cortina com PVC
Vasos de cerâmica: Outra opção são os velhos e clássicos vasinhos de cerâmica. Coloque uma sequência deles em prateleiras, dispostas como você preferir!

jvertical 7 vasinhos de ceramica

Potes de vidro: Plantas colocadas em potes de vidro reciclados são uma ótima opção para você que quer economizar e reciclar materiais. Além de criar um jardim lindo para sua casa ou apartamento, você ainda colabora com a sustentabilidade.

Pallets: Sabe aquele pallet que veio na entrega de um móvel, ou que você tem jogado pelo quintal e não sabe como utilizar? Ele pode se tornar a base perfeita  para um jardim vertical na sua casa. A vantagem de usar o pallet são as separações que ele já possui. É ideal para quem deseja plantar temperos ou flores da mesma espécie, porém com cores diferentes.

MANUTENÇÃO

Depois de criar seu jardim vertical em casa, é preciso ter alguns cuidados parta a manutenção do mesmo. É preciso entender que as plantas são vivas, logo precisam de cuidados contínuos, mesmo sendo suculentas, ou qualquer outra especie.

Em casa, tenha cuidado redobrado quando for regar as plantas, para não ter problemas com móveis manchados. Já se o seu jardim vertical for na varanda ou sacada do seu prédio, cuidado para não deixar a parede na qual ele se encontra muito úmida e causar infiltrações, que podem se tornar um problema até mesmo para o apartamento vizinho.
Sempre faça a irrigação com borrifadores e não deixe acumular muita água parada. Lembre-se também que deixar acumulo de água em plantas e vasinhos podem facilitar a aparição de criadouros de mosquitos, podendo transmitir diversas doenças.

Agora é sua vez! Aproveite nossas dicas e crie você mesmo um jardim vertical em casa.

Fonte: http://www.imovelweb.com.br/

Encontre-nos no facebook