Entre em contato por e-mail

Confira nossos artigos e notícias

Conecte-se no Twitter com a Duplique Desembargador!

Download de aplicativos (como o Adobe Reader) e modelos de documentos e formulários

Acompanhe a evolução dos condomínios da Duplique Desembargador!

Conecte-se no Facebook com a Duplique Desembargador!

Conecte-se no Google Plus com a Duplique Desembargador!

Confira os erros mais comuns na hora de financiar

Na hora de dar entrada no financiamento de um imóvel, é preciso de um bom planejamento para não ter problemas

Na hora de comprar um imóvel, é importante tomar muito com o financiamento, pois tudo pode dar errado por falta de conhecimento na área.

financiamento

Não assuma um financiamento que não consiga pagar

O que atrapalha muitas pessoas é querer entrar em uma dívida que não conseguirá pagar. Saiba que um financiamento nada mais é do que ter uma dívida todos os meses e que isso vai durar por anos, muitos anos. Por isso tenha em mente o seu orçamento mensal. Saiba que os juros para quem não paga uma parcela do financiamento são muito altos, por isso não é legal entrar em algo que você não tenha certeza.

Se atrapalhar no planejamento

Outro erro bastante comum é se atrapalhar no planejamento. Muitas pessoas acabam esquecendo dos demais gastos quando pensam nos valores das parcelas do financiamento. Um deles é a entrada do imóvel, que não costuma ser baixo. Por isso é importante já ter um dinheiro reservado para essa fase e não contar com o orçamento da parcela mensal. Fora a entrada, existem os gastos burocráticos, como o registro do imóvel, o ITBI e a Escritura Pública. Além disso, o comprador deve ter em mente os gastos da própria casa, como a água, a luz, o telefone, algumas reformas. Tudo isso deve ser levado em conta para não atrapalhar o pagamento das parcelas do financiamento.

Não demore na entrega dos documentos

Para fazer um financiamento imobiliário é necessário entregar todos documentos solicitados ao banco. Demorar para entregar esses documentos não é bem visto pelos bancos e nem pelos gerentes deles e isso será muito ruim na hora de pedir um financiamento.

Mas, quais são os documentos necessários? Cada caso é um caso, mas no geral os documentos necessários são: RG, CPF, comprovante de residência, contracheques, certidão de nascimento e cópia da declaração do imposto de renda.

Não esconda as informações de dívida ativa

Esconder informações sobre dívidas ativas não é nada legal. Algumas pessoas fazem isso com medo de perder a chance de financiar a casa própria. Mesmo que o comprador não tenha restrição na hora de liberação de crédito, o banco tem como descobrir se essas dívidas existem. Aproveite o tempo de análise para regularizar seu caso e deixe isso claro para a instituição bancária.

Fonte: ImovelWeb

Encontre-nos no facebook