Entre em contato por e-mail

Confira nossos artigos e notícias

Conecte-se no Twitter com a Duplique Desembargador!

Download de aplicativos (como o Adobe Reader) e modelos de documentos e formulários

Acompanhe a evolução dos condomínios da Duplique Desembargador!

Conecte-se no Facebook com a Duplique Desembargador!

Conecte-se no Google Plus com a Duplique Desembargador!

É hora de financiar! Veja as melhores alternativas de crédito do mercado

Está pensando em comprar um imóvel, mas, para isso, precisará entrar em um financiamento? Confira as melhores opções de crédito da atualidade.

O financiamento de imóveis é uma alternativa que muitas pessoas começaram a utilizar nos últimos anos para realizar o sonho de comprar a casa própria. Um dos principais motivos para essa crescente é o fato de que os interessados em adquirir um imóvel nem sempre têm à vista toda a quantia solicitada pelo dono para efetuar a compra. Assim, os bancos criaram o crédito imobiliário para financiamento tanto de imóveis novos (na planta, ou prontos para morar), quanto usados.

A modalidade amplamente divulgada e facilitada pelo governo, aqui no Brasil, sofreu algumas mudanças nos últimos meses. A Caixa Econômica, que concede sozinha 68% do crédito imobiliário no país, divulgou redução no limite de financiamento de imóveis usados. Agora o banco referencia em crédito imobiliário ofertará o máximo de 50% do valor total.

O que poderia aparentar uma desmotivação para a compra de imóveis, porém, tornou-se um ótimo motivo para procurar por novas ofertas de financiamento no mercado. Instituições financeiras, estatais e particulares, entraram na corrida para disponibilizar novas possibilidades à população o que também fez com que a Caixa apresentasse contrapontos vantajosos para continuar sendo escolhida pelos futuros compradores.

A seguir, listamos alguns pontos que devem ser levados em conta na hora de procurar alternativas de financiamento, de acordo com o seu perfil e necessidade:

Maior valor de financiamento

Para aqueles que precisam financiar quase todo o valor do imóvel, é necessário procurar bancos que cheguem ao valor de 100% ou se aproximem ao máximo dessa porcentagem. Não são todos os bancos que chegam a esse montante, mas podem se aproximar do 90% e 80%, geralmente de acordo com a sua renda.

Fique de olho também em alguns outros detalhes. Geralmente, quando há uma porcentagem alta de financiamento, as taxas de juro podem ser um pouco acima do esperado. Entenda se valerá a pena entrar nessa modalidade agora ou se é melhor aguardar um pouco até ter parte do dinheiro para dar de entrada no imóvel ou para parcelar uma porcentagem menor.

Taxa de juros

A taxa de juros é algo que pode decidir a escolha de uma instituição ao invés da outra. Dentre todos os bancos a Caixa é o que oferece menor taxa de juros, a partir de 5% ao ano. As outras instituições variam seus percentuais entre 9% e 10% ao ano. Confira se há a possibilidade de incluir as despesas com registros e documentações (necessárias para a compra de um imóvel) dentro do financiamento, caso você também necessite parcelar esses valores. Assim as taxas, mesmo altas, podem valer a pena.

Prestações fixas

Se você está à procura de estabilidade, existem bancos que fazem financiamento com prestações fixas e pagamento realizado em até 15 anos. Isso te dará a garantia de que o valor com o qual você está se comprometendo não aumentará, isso faz com que você se programe com suas contas a longo prazo.

Rapidez da aprovação

Alguns bancos apostam na plataforma digital para a contratação do financiamento. Já é possível contratar o financiamento de imóvel dentro de sua própria casa, através do seu computador e com algumas vantagens citadas acima inclusas.

É importante ressaltar que, nos dias atuais, quase todas as instituições financeiras aceitam como parte do pagamento de um financiamento imobiliário o uso do FGTS.

Além disso, para financiamento de imóveis novos, nada muda na Caixa Econômica! Se a intenção é procurar por um apartamento na planta ou que esteja pronto para morar, as condições continuam as mesmas.

Fonte: http://www.imovelweb.com.br

Encontre-nos no facebook