Entre em contato por e-mail

Confira nossos artigos e notícias

Conecte-se no Twitter com a Duplique Desembargador!

Download de aplicativos (como o Adobe Reader) e modelos de documentos e formulários

Acompanhe a evolução dos condomínios da Duplique Desembargador!

Conecte-se no Facebook com a Duplique Desembargador!

Conecte-se no Google Plus com a Duplique Desembargador!

Elevador limpo, sem transtorno

A higienização do equipamento é parte da rotina dos condomínios. Mas como fazê-la sem atrapalhar sua utilização

O meio de transporte mais utilizado no condomínio é o elevador. Mesmo com o social e o de serviço na torre, o sobe e desce constante nos horários de pico – pela manhã e à noite, principalmente – faz com que a equipe de limpeza tenha que entrar em ação nos intervalos para não prejudicar o fluxo dos moradores.

Para manter a higienização em dia, cada prédio cria o próprio cronograma com base na rotina dos condôminos. O processo é rápido e segue a mesma receita, recomendada pelos fabricantes das cabines: água com produto de limpeza e limpa inox para as partes feitas do material, além do limpa-vidros para os elevadores com espelho. Em um edifício do Centro de São Paulo, por exemplo, o zelador José de Arimatéia estipulou a limpeza do elevador principal entre 7h e 8h, e a do elevador de serviço, a partir das 9h. Isso porque o local é residencial e comercial, então os escritórios acabam recebendo visitas desde cedo e as cabines precisam estar em ordem. Já em um condomínio residencial em Pinheiros, zona oeste da cidade, a limpeza era feita pela manhã, porém, acabava atrapalhando o entra e sai dos moradores. A síndica pediu, então, para a equipe mudar o horário e, ao testar as novas opções, a auxiliar de limpeza Sidineuza Santos, percebeu que o horário ideal, com menos movimento, era ao redor das 14h.

Como limpar– Na hora da limpeza dos elevadores, não é recomendável jogar água dentro da cabine, por isso ela deve ser efetuada com panos umedecidos em água e produtos multi-uso e limpa inox. Para limpar as portas é preciso ir parando de andar em andar. De acordo com Sidineuza, a ação não dura mais do que 10 minutos. “São 20 minutos em cada torre. Cerca de 10 minutos em cada elevador. Limpo as cabines com eles no térreo e depois subo limpando as portas de cada andar, todos os dias”, explica.

Sem atrapalhar

  • “É preciso verificar se há alguma reclamação de moradores com relação à limpeza e horários preestabelecidos no condomínio”, adverte o zelador José de Arimatéia
  • Se causar algum incômodo, o horário de limpeza deve ser trocado
  • A recomendação é que a equipe de limpeza seja rápida e evite conversas e atrasos
  • Os condomínios costumam ter os elevadores limpos diariamente. Se houver algum imprevisto, como mudanças ou transporte de alguma carga que suje o ambiente, a equipe pode ser alertada para não deixá-lo sujo até o dia seguinte
Fonte: iCondominial

Encontre-nos no facebook