Entre em contato por e-mail

Confira nossos artigos e notícias

Conecte-se no Twitter com a Duplique Desembargador!

Download de aplicativos (como o Adobe Reader) e modelos de documentos e formulários

Acompanhe a evolução dos condomínios da Duplique Desembargador!

Conecte-se no Facebook com a Duplique Desembargador!

Conecte-se no Google Plus com a Duplique Desembargador!

Fechamento de varanda deve ser feito com vidro solar

Entenda quais os requisitos para a escolha do vidro para a varanda

Fazer da varanda uma extensão do apartamento é uma ótima opção para aqueles que querem criar uma área de lazer em casa. Mas para fazer o fechamento da varanda é necessário fazer a escolha correta do tipo de vidro que irá compor esse ambiente para o morador não tem problemas futuros.

Lamartiny Gomes, gerente de produtos da Guardian, empresa de vidros e espelhos, explica que a escolha pelos vidros de controle solar é a melhor solução para as varandas. Segundo ele, um ambiente que recebe luz solar ao longo do dia exigirá o uso constante do ar condicionado para manter o local fresco e, consequentemente, impactará a conta de energia.

vidro solar na sacada

Vidro com controle solar evita uso excessivo do ar condicionado no ambiente (Foto: Divulgação/Guardian)

O índice FS (Fator Solar) representa quanto de calor passa de fora para dentro do ambiente. O vidro com fator solar de 0,43, por exemplo, faz com que 57% do calor que incide na janela seja refletido para fora do ambiente.

“É muito comum vermos apartamentos com ótimas vistas fechados com persianas ou cortinas para bloquear a luz solar, ao passo que os moradores poderiam apreciar a paisagem sem sentir os efeitos do sol”, analisa.

De acordo com Gomes, os vidros de controle solar são a melhor opção. Esta escolha, contudo, deve seguir alguns requisitos, como a estética desejada, o nível adequado de transmissão de luminosidade e a intensidade de calor que se quer reduzir de fora para dentro do ambiente.

fechamento-varanda

Vidro solar garante a privacidade e protege os móveis dos raios ultravioletas (Foto: Shutterstock)

A partir das respostas a estas três questões, o arquiteto ou o projetista pode buscar o vidro que oferece as melhores características. Mas é importante observar os seguintes aspectos:

– Os vidros podem ser temperados, laminados, insulados ou serigrafados, e sua espessura deve ser avaliada de acordo com as particularidades de cada instalação.

– O regulamento interno do condomínio também precisa ser consultado, pois há regras para mudanças na fachada.

– A segurança deve ser observada com atenção: desde fevereiro de 2014, está em vigor a norma NBR 16259:2014publicada pela ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas), que estabelece os requisitos e métodos de ensaio que asseguram o desempenho dos sistemas de envidraçamento de sacadas em edificações de uso público ou privado.

“A norma rege os parâmetros de qualidade e segurança para selecionar um fornecedor, mostrando os melhores procedimentos para fixação, ancoragem e resistência do sistema de envidraçamento de sacadas, entre outros detalhes”, explica Gomes.

O profissional alerta que é importante exigir da empresa fornecedora do sistema de envidraçamento um certificado aprovando o equipamento de acordo com a regulamentação.

Fonte: ZAP Imóveis

Encontre-nos no facebook