Entre em contato por e-mail

Confira nossos artigos e notícias

Conecte-se no Twitter com a Duplique Desembargador!

Download de aplicativos (como o Adobe Reader) e modelos de documentos e formulários

Acompanhe a evolução dos condomínios da Duplique Desembargador!

Conecte-se no Facebook com a Duplique Desembargador!

Conecte-se no Google Plus com a Duplique Desembargador!

Férias: saiba como manter as crianças seguras em casa

É preciso ficar atento aos móveis, janelas, escadas, além de remédios e materiais de limpeza

playing with kidsPara ter mais segurança em casa os pais devem se preocupar tanto com atitudes quanto com equipamentos de segurança. Isso significa que devem comprar proteções de portas, proteções de cantos de mesa e travas de armários, por exemplo. No entanto, os equipamentos por si só não resolvem o problema. É preciso que a família tenha um conjunto de cuidados com a segurança dos pequenos.

Na opinião da arquiteta Luciana Corrêa, para a casa ser mais segura podemos ter portinhas que evitem a passagem para outro ambiente ou para uma escada, por exemplo. “Porém, é necessário observar se não há algo próximo que possa servir de ‘escada’ para a criança escalar. Um exemplo são os móveis com gavetas que, quando abertas, criam degraus”, orienta Luciana.

Para a home organizer Ingrid Lisboa, as portinhas precisam ser colocadas na entrada de cada local que apresente perigo, e não somente na entrada das cozinhas e beiras de escada. “As pessoas se esquecem de que lavanderias e garagens, por exemplo, são locais que podem oferecer grande risco às crianças”, argumenta.

Os cantos vivos dos móveis devem ser protegidos ou já projetados com cantos arredondados. Puxadores com quinas também podem arranhar ou prender as roupas das crianças durante as brincadeiras.

“Evite ter ou ensine a criança que não pode subir em tampos de vidro, seja de uma mesa lateral ou prateleiras”, aconselha Luciana.

criança gaveta

Ingrid lembra que existem equipamentos de segurança de baixo custo e facilidade de acesso que protegem cantos pontudos e outros móveis que oferecem perigo. “No

Luciana enfatiza que os remédios devem ser guardados em armários altos ou em gavetas com chave. Os produtos de limpeza também devem estar em lugares que não sejam acessíveis às crianças e nunca em garrafas pet que continham refrigerantes. entanto, sempre que possível os pais podem optar por comprar móveis mais seguros, que já tenham cantos arredondados”, reforça.

Ingrid acredita que, no caso das janelas de apartamentos, as redes de proteção são suficientes para garantir segurança. E ela lembra que muitos prédios não permitem colocar grades.

Luciana reforça que as telas devem ser checadas periodicamente, pois podem estragar com a ação do tempo. “Crianças também usam as tesourinhas da escola para cortar as redes. Fique atento! Nesse caso, as grades são a melhor opção de segurança, porém nem todo condomínio costuma aprovar”, alerta a arquiteta.

Fonte: ZAP Imóveis

Encontre-nos no facebook