Entre em contato por e-mail

Confira nossos artigos e notícias

Conecte-se no Twitter com a Duplique Desembargador!

Download de aplicativos (como o Adobe Reader) e modelos de documentos e formulários

Acompanhe a evolução dos condomínios da Duplique Desembargador!

Conecte-se no Facebook com a Duplique Desembargador!

Conecte-se no Google Plus com a Duplique Desembargador!

Fuja de sete erros comuns na hora de decorar a casa

Se você está buscando ideias para decorar ou renovar um espaço vale a pena dar uma olhada nas dicas

Decorar é uma arte e nem todo mundo possui talento ou informação suficientes para aplicar na própria casa. Por isso, os editores da ELLEdecor.com reuniram os sete erros mais comuns que a maioria das pessoas comete na hora de decorar um ambiente. Se você está buscando ideias para decorar ou renovar um espaço vale a pena dar uma olhada nas dicas:

Reprodução

1. O móvel que é lindo (mas desconfortável ou inútil)

O famoso “bonitinho, mas ordinário”. Assim como aquele par de sapatos altíssimos que você comprou pois eram “incríveis e estavam em liquidação!” (mas não te seguram por mais de 15 minutos em pé), esse móvel maravilhoso e diferente acaba se tornando um elefante branco. O sofá da sala, por exemplo, pode não ser assinado por um designer consagrado, mas precisa, sim, trazer todo o conforto do mundo.

2. O móvel que segue modismos

Com certeza ele ficou lindo na vitrine da loja, na foto da revista e na casa da socialite russa que ganha milhões por mês (e muda a decoração da casa a cada quatro meses). Mas na sua casa? Talvez voltar-se para o lado mais seguro na hora de investir em móveis novos – peças minimalistas ou clássicas – seja a garantia de um bom investimento a longo prazo.

3. A parede colorida que deu errado

Cuidado quando for pintar cômodos com cores que nunca testou – verde, vermelho, azul, rosa. Na lata, a cor tem um jeito, mas combinada à iluminação do ambiente e à textura da parede, o resultado pode ficar completamente diferente.
Reprodução

4. O “investimento dos sonhos” 

A mesa de jantar gigante que você nunca usa, pois sempre janta na cozinha. A televisão enorme na sala quando, ao chegar em casa, não quer nem pensar em ficar parado em frente a uma tela. Cuidado com os investimentos que você sonhava ter há alguns anos atrás – talvez seu estilo de vida tenha mudado, logo, seus desejos também.

5. O “faça você mesmo” que se tornou um desastre

“Mas no Pinterest parecia tão lindo…” Sim, temos certeza que sim. Mas talvez você não tenha nascido com o talento de Martha Stewart para o artesanato – e essa é a hora de apelar para o bom e velho ritual de ir na loja e comprar pronto.

6. O sofá branco

Lindo, maravilhoso, elegante, riquíssimo. Mas basta a primeira janta entre amigos para respingar uma (ou várias) gota de vinho e tudo estar acabado. Cuidado!

Reprodução

7. A obra de arte clichê

Exemplo clássico? Romero Britto. Suas criações estão espalhadas em quadros, canecas, bolsas, carteiras, acessórios para pets, capas de iPads, iPods e o que mais você puder imaginar. Que tal investir em algo mais especial na parede da sala, como o quadro de um artista novo ou até mesmo uma linda foto da família inteira reunida? (Com informações da Revista Donna)

Fonte: Bonde


Encontre-nos no facebook