Entre em contato por e-mail

Confira nossos artigos e notícias

Conecte-se no Twitter com a Duplique Desembargador!

Download de aplicativos (como o Adobe Reader) e modelos de documentos e formulários

Acompanhe a evolução dos condomínios da Duplique Desembargador!

Conecte-se no Facebook com a Duplique Desembargador!

Conecte-se no Google Plus com a Duplique Desembargador!

Jardins possíveis em pequenos ambientes

Se o único espaço disponível é a varanda ou um cantinho dentro de casa, use e abuse de vasos e jardineiras.

jardim

Para quem tem pouco espaço e sonha com um belo jardim, a notícia é boa: é possível, sim, trazer o verde para dentro de casa. Espaços pequenos são perfeitos para usar e abusar de vasos ou jardineiras. “Uma das opções pode ser jardineiras maiores, cobrindo a mureta da varanda, ou menores, dependendo do lugar onde ficarão, ou ainda vasos de formatos e tamanhos diferentes. Criar uma cerca viva ou um painel vertical também são opções consideráveis”, diz a arquiteta e paisagista Daniela Sedo.

Para a varanda, Daniela sugere criar um deck quadradinho com vasinhos em volta, fazer faixas com pedras maiores ou pequenas, redondinhas, e colocar uma decoração com banquinhos ou objetos graciosos. “Hoje em dia, há decks de cerâmica ou placas de concreto, que imitam a madeira. Esses materiais não requerem manutenção, são práticos, bonitos, não desgastam com o tempo, e são produtos ecologicamente corretos e impermeáveis”, aconselha a paisagista.

Dependendo do espaço onde será feito o paisagismo, é possível ter Trepadeiras, que florescem e são bonitas; Lavanda, que é aquela plantinha com florzinhas roxas, com cheiro agradável; e há também o Alecrim, uma planta bela e super fácil de cuidar. “O ideal é montar um jardinzinho com plantas fáceis de mexer e cuidar. Vale a pena colocar espécies perenes, que vão ficar lindas o tempo todo e não darão o trabalho de ter que varrer o chão a toda hora para tirar folhinhas. A manutenção é igual à de jardins externos e internos”, conta Daniela.

Outra opção para espaços menores são os painéis verticais com Samambaias, Orquídeas (meia sombra), Chifres-de-veado (sombra), Brinco de Princesa e bromélias (sol). “O jardim vertical ou painel vertical é uma peça única, com uma singular estrutura, onde pode ter alguns vasinhos fixados. Para montá-lo é necessário o cuidado para adquirir uma uniformidade vegetal onde o principal seja a vegetação, que pode ser uma mescla de espécies.

Antes de pensar no estilo do jardim pequeno que vai fazer, é necessário tomar diversas precauções e cuidados: “Inicie fazendo uma drenagem no solo para que a água realmente escoe corretamente, criando uma camada de brita, uma camada de areia, e depois, é só colocar um solo bem fofinho e macio para que as plantas realmente se desenvolvam rápido. Para plantar algo, a menor camada de terra é de 50 centímetros, menos que isto é uma forração, apenas para graminha amendoim, gramadinho ou então aquelas bolinhas de buchinho, que vivem sempre daquele tamanho e nunca crescem”, explica a paisagista.

Fonte: ImovelWeb

Encontre-nos no facebook