Entre em contato por e-mail

Confira nossos artigos e notícias

Conecte-se no Twitter com a Duplique Desembargador!

Download de aplicativos (como o Adobe Reader) e modelos de documentos e formulários

Acompanhe a evolução dos condomínios da Duplique Desembargador!

Conecte-se no Facebook com a Duplique Desembargador!

Conecte-se no Google Plus com a Duplique Desembargador!

Lavando o carro no condomínio

imagem143

Nem sempre é fácil manter o automóvel limpo por conta própria em um edifício condominial. Cheque as regras para evitar transtornos

Para quem mora em casa não existem regras ou uma convenção sobre o uso do quintal. A limitação que existe, principalmente nos dias atuais, é a economia de água. Já quem mora em condomínio precisa verificar, antes de tudo, se é permitido ou não lavar carro o edifício.

Muitos empreendimentos com previsão de entrega para até 2016 estão sendo projetados com espaços próprios para essa finalidade, os chamados “car wash”.  Uma das primeiras construtoras a apresentar o projeto para empreendimentos em São Paulo foi a Cyrella, com entregas já realizadas em 2013.

Como usar o espaço -Se o condomínio já possui um projeto de car wash é importante verificar todas as regras de utilização antes de estacionar o automóvel e fazer uso dele.

“Principalmente os moradores novos devem ficar atentos a todas as regras de utilização do espaço, que deve ter um relógio de medição individual. O morador deve anotar quanto usou de água”, recomenda o diretor de condomínios Roberto Piernikarz .

A maior parte dos condomínios, porém, não conta com uma facilidade destas para o uso dos moradores e aí é preciso arrumar alternativas e executar regras.

O Sindicato da Habitação (Secovi São Paulo) explica em nota que não existe uma regra geral para o uso de áreas comuns, como a garagem, para moradores lavarem seus carros.  Cabe a cada condomínio permitir ou não através de sua convenção.

Acordo bom para todos -O estudante de engenharia Guilherme Santos conta que, quando se mudou para um apartamento, estranhou a proibição de lavar carros na garagem.

“Morei em sobrado por mais de 28 anos e nunca tive que levar meu carro para lavar fora. Quando passei a morar no centro de São Paulo, a primeira notificação que recebi ao pegar minha vaga na garagem dizia que eu não poderia lavar meu carro lá.”

Guilherme decidiu conversar com outros moradores quando notou que os gastos mensais com lavagem do carro já estavam se tornando exorbitantes.

“Falei com alguns vizinhos e o síndico. Levamos para assembleia e passou a ser permitido”, finaliza Gustavo, mostrando que é sempre possível encontrar soluções que sejam positivas para a maioria, afinal o que interessa a um morador pode interessar a outros.

Sem transtornos

- Verifique se o seu empreendimento permite o uso da garagem para lavar carros antes de partir para a ação

- O projeto de car wash pode ser proposto em assembleia se o condomínio tiver um espaço sobrando e muitos moradores a favor da ideia

- É preciso avaliar o uso de um medidor individual de água no caso de passar a ser permitida a lavagem de carros em espaço comum

Fonte:  Condomínio em Foco

Encontre-nos no facebook