Entre em contato por e-mail

Confira nossos artigos e notícias

Conecte-se no Twitter com a Duplique Desembargador!

Download de aplicativos (como o Adobe Reader) e modelos de documentos e formulários

Acompanhe a evolução dos condomínios da Duplique Desembargador!

Conecte-se no Facebook com a Duplique Desembargador!

Conecte-se no Google Plus com a Duplique Desembargador!

Monte uma academia em casa

Para os preguiçosos de plantão, montar um espaço em casa para malhar é uma alternativa que costuma dar certo.

Personal-Trainer1.jpg

Já chegou abril. As férias passaram, acabou o carnaval e todas as suas promessas de ano novo foram por água abaixo? Promessa comum entre as pessoas, entrar em uma academia e fazer uma dieta nem sempre acaba dando certo. Mas, alguns “truques” podem ajudar na hora de fazer a tão sofrida academia e os exercícios físicos. Preparamos um post especial para acabar com as desculpas de quem odeia sair de casa para malhar. Siga as dicas para montar uma academia em casa e facilitar todo o processo para uma vida mais saudável.

Busque orientação com um profissional

Antes de sair por aí gastando dinheiro com a compra de aparelhos e reformas para acomodar o novo ambiente, procure um profissional. Nutricionistas, endocrinologistas, clínicos gerais e profissionais da área de Educação Física são os mais indicados para realizar um check up antes de você começar os exercícios. Eles vão avaliar qual a melhor atividade para o seu biotipo, analisar questões de alimentação e fornecer dicas para que não ocorram acidentes, como aquelas dores nas costas típicas de quem se exercita de forma errada.

Atividade física é coisa séria, que mexe com o organismo. Como você não vai querer se machucar por causa da boa forma, nunca se esqueça dessa que é a dica essencial: se quer treinar, procure indicação profissional. E não vale contar com a opinião do seu amigo que malha há anos, lembre-se que o biotipo dele é diferente do seu. Por isso, vá ao médico antes de começar a se exercitar.

Aparelhos

home-gym-designs.png

Depois de procurar um médico que o oriente adequadamente, é hora de escolher o equipamento que melhor atenda às suas necessidades. Infelizmente, no Brasil este tipo de produto costuma ter o preço bem elevado, mesmo no caso de equipamentos mais simples ou de segunda mão. Antes de comprar, pesquise os melhores preços.

Alguns aparelhos oferecem diversas possibilidades de exercícios no mesmo equipamento; estes modelos costumam ser ideais quando o espaço é pequeno. Em geral, barras, pesos e esteiras costumam garantir uma boa série de exercícios e não ocupam tanto espaço. Para quem não tem limitação de área, o ideal é escolher de dois a três equipamentos essenciais e ir se familiarizando com o treino. Com um pouco de tempo e disciplina você irá descobrir quais são os próximos itens a serem adquiridos.

Com pouco também dá

Se a vontade de malhar for maior que o orçamento, não se preocupe. Também é possível criar um espaço que atenda às suas necessidades sem gastar muito. Cordas são uma excelente opção. Pode até parecer brincadeira de criança, mas elas elevam os batimentos cardíacos, tonificam pernas e glúteos e são bem baratinhas.

Instalar barras nas paredes também pode auxiliar na montagem da sua academia caseira. Enquanto não estão em uso, podem se tornar prateleiras para pesos e outros objetos do treino, otimizando o espaço. E elas servem tanto para quem pratica musculação quanto para os adeptos do pilates. Por fim, lembre-se de investir em pesinhos, principalmente se a sua intenção é ganhar massa muscular.

Tenha estímulos decorativos

Por mais desencorajador que possa parecer, acredite, algumas vezes você se sentirá desmotivado para o treino. Para evitar que isso aconteça e estar preparado para a situação, decore o ambiente com quadros alegres, cores fortes e detalhes que lhe deixem feliz e animado. Essa medida com certeza vai fazer a atividade ficar mais leve e divertida.

A tecnologia também pode ser sua aliada. Pode ser uma TV para ver aquele programa enquanto malha, um aparelho de som para deixar a animação por conta da música ou qualquer outro elemento que garanta seu conforto e firmeza na hora do desânimo.

Onde montar?

uad_academia_11.jpg

Não importa se sua escolha for por aparelhos mais robustos ou por uma estrutura mais enxuta. O fundamental é que o espaço escolhido tenha boa iluminação e ventilação. Outros truques garantem a segurança, como o piso vinílico que absorve impacto em caso quedas e também é antiderrapante.

Salas com janelas e portas para o exterior são as mais indicadas, pois garantem a iluminação natural e o acesso independente para quando vier aquele grupo de amigos dar uma forcinha no treino. Varandas e outras áreas externas também são bastante indicadas, pois promovem o contato com a natureza e não ocupam tanto espaço na área social. Nesse caso, apenas tenha cuidado para não deixar que os equipamentos molhem em dias de chuva.

Se animou para ter a sua home-gym? Conte aqui o que não pode faltar na sua academia e qual o maior desafio na hora de montar uma dentro de casa.

Fotos: Pinterest

Fonte: ImovelWeb

Encontre-nos no facebook