Entre em contato por e-mail

Confira nossos artigos e notícias

Conecte-se no Twitter com a Duplique Desembargador!

Download de aplicativos (como o Adobe Reader) e modelos de documentos e formulários

Acompanhe a evolução dos condomínios da Duplique Desembargador!

Conecte-se no Facebook com a Duplique Desembargador!

Conecte-se no Google Plus com a Duplique Desembargador!

O final do ano está chegando

O final do ano está chegando

Fim de ano chegando, é hora de planejar os próximos passos para 2015 e organizar as prioridades para o encerramento do período. O último trimestre do ano é marcado por um aumento de 15% nos custos condominiais devido a reformas, pagamento do décimo terceiro salário e confraternizações de fim de ano. Este também é o período em que o impacto de um orçamento mal planejado é mais sentido.

Especialistas revelam que o segredo para evitar rateios extras e a sobrecarga nas finanças do condomínio é o planejamento. Um condomínio organizado consegue manter o equilíbrio entre as receitas e despesas. Quando esta balança desequilibra e as despesas fixadas superam as receitas previstas, os condôminos passam a ter prejuízos e os síndicos, dores de cabeça.

O planejamento orçamentário é feito com base nos gastos do ano anterior e, para ser efetiva, é considerado o índice de inflação do ano vigente, inadimplência, pagamento do décimo terceiro salário, contratos de manutenção e obras, contas a pagar e até mesmo os gastos com cestas natalinas e festa de fim de ano. É imprescindível também acrescentar a reserva de fundos para emergências. Considerando todos os meses do ano, soma-se esse valor bruto e divide-se por doze.

Estrutura

Tintas, cimento e o corre-corre para as últimas reformas e obras antes da temporada em condomínios de veraneio. Nos meses que antecedem o verão o clima é de correria nos prédios que estão sendo reformados. Em Balneário Camboriú, de acordo com a convenção estipulada pelos moradores, empreiteiras e a Prefeitura, as obras devem encerrar até o dia 15 de dezembro e reiniciam após 10 de janeiro. A rotina aquece as vendas nas casas de materiais de construção e a mão de obra especializada se torna um objeto de luxo para as empreiteiras.

De acordo com o empresário Luciano Cybulski, que atua no ramo da construção civil em Balneário Camboriú e Florianópolis, o período de recesso para as reformas, entre os meses de dezembro a janeiro, já é previsto inclusive nos contratos com as empreiteiras. “Antes da temporada a procura aumenta em torno de 30%. Obras maiores iniciam a fase de orçamentos antes da temporada e pequenas reformas são realizadas até dezembro”, observa Cybulski.

Confraternização

O Natal e Ano Novo são datas que marcam a fraternidade, a boa convivência e harmonia entre os condôminos, funcionários e gestores. Em virtude destas datas, os condomínios se envolvem com a decoração natalina e organização de festas coletivas.

No condomínio Villa Magiori em Florianópolis, os gastos com as festividades de fim de ano do também são incluídas no planejamento orçamentário, conforme explica o síndico Paulo Medeiros. “Todo ano enfeitamos a frente e os fundos do prédio e fazemos uma festinha para todos”, diz.

Segundo o síndico Medeiros, a interação entre os moradores do condomínio é expressiva. “Ano passado reunimos cerca de 80% dos moradores. Cada um leva um prato de comida e uma das condôminas se veste de mamãe Noel para entregar os presentes para as crianças”, relata.

Os funcionários também recebem atenção especial dos moradores e síndicos nesta época. Em São José, o síndico do condomínio ArcoBaleno, Marco Antônio dos Santos acredita que esta é uma forma de valorizar o trabalhador e ressaltar o seu valor ao condomínio.

“Damos uma cesta de Natal para cada funcionário”, conta. Todavia, alertam as administradoras que os moradores não são obrigados a contribuir com esta gratificação ao empregado e, para ser adotada, deve antes passar pela deliberação da assembleia.

Fonte: CondomínioSC

 

Encontre-nos no facebook