Entre em contato por e-mail

Confira nossos artigos e notícias

Conecte-se no Twitter com a Duplique Desembargador!

Download de aplicativos (como o Adobe Reader) e modelos de documentos e formulários

Acompanhe a evolução dos condomínios da Duplique Desembargador!

Conecte-se no Facebook com a Duplique Desembargador!

Conecte-se no Google Plus com a Duplique Desembargador!

Ornamento ou desperdício?

Fontes e chafarizes decoram e alegram o condomínio. Mas dá para mantê-los em tempos de escassez de água?

Economia de água é a palavra de ordem nestes tempos de reservatórios secos e chuva insuficiente, mas isso não quer dizer que é preciso abolir as fontes e chafarizes das áreas externas e internas de alguns condomínios. No entanto, é necessário planejar o que deve ser feito para que tais ornamentos continuem sendo usados de uma forma coerente.

José Capoal, diretor-comercial da Ecco Fontes, afirma que existem normas da ABNT destinadas à regulamentação do assunto. De acordo com essas normas, no caso de fontes e chafarizes, a água não precisa ser trocada quando são utilizadas bombas de boa qualidade.

“Desde que o condomínio ofereça um tratamento e a manutenção adequada, como aspirar e medir o PH da água, ela dura por muito tempo e também evita a ameaça de dengue”, explica Capoal.

Gastos com energia – Outra preocupação dos responsáveis pelos condomínios diz respeito ao consumo de energia elétrica das fontes e chafarizes. Quanto a isso, Carlos Alberto Victorino, proprietário da Cav Fontes, argumenta que elas consomem pouca energia. “São movidas por bombas utilizadas em aquários e, como trabalham dentro da água, não esquentam e o consumo energético é insignificante”.

É importante que o condomínio observe se realmente está usando os mecanismos adequados para que não precise trocar a água e cheque se o uso da energia tem sido realmente baixo. Se a decisão for economizar em ambos os pontos, o que pode ser o mais adequado, a estrutura pode ser transformada temporariamente, por exemplo, em uma elegante floreira.

Curiosidades

  • As fontes relaxam, melhoram a umidade relativa do ar e atraem ainda mais a presença das pessoas
  •  Fontes de cimento trazem elegância, estilo e personalidade às áreas externas
  • O ideal é que as fontes funcionem 24 horas por dia com a água sempre em movimento para não se tornarem focos de insetos
  • Se a manutenção estiver em dia não é preciso ficar trocando a água
Fonte: iCondominial

Encontre-nos no facebook