Entre em contato por e-mail

Confira nossos artigos e notícias

Conecte-se no Twitter com a Duplique Desembargador!

Download de aplicativos (como o Adobe Reader) e modelos de documentos e formulários

Acompanhe a evolução dos condomínios da Duplique Desembargador!

Conecte-se no Facebook com a Duplique Desembargador!

Conecte-se no Google Plus com a Duplique Desembargador!

Participar da reunião de condomínio pode ajudar moradores a economizar

As assembleias decidem o cronograma que o condomínio seguirá durante o ano

As assembleias decidem o cronograma que o condomínio seguirá durante o ano Foto: Internet

Rodrigo Bertolucci

Necessidade de novas obras, contratação de funcionários e valores de taxas são alguns dos itens discutidos pelos proprietários de imóveis nas reuniões de condomínio. Muitas vezes, as decisões são tomadas por votação simples, e a participação de cada morador pode fazer a diferença na hora de economizar.

- É nesse momento que são discutidos os assuntos mais pertinentes, como evitar barulho de obras em determinados horários, e outros que vão aumentar a taxa do condomínio e pesar no bolso de todos os moradores – aponta Antônio Lopes Raposo Netto, síndico de um empreendimento do “Minha Casa, Minha Vida” em São Gonçalo.

Segundo o advogado especialista em Direito Imobiliário Luis Guilherme Russo, as assembleias de moradores decidem o cronograma que o condomínio seguirá durante o ano:

- São nesses encontros que as principais medidas são aprovadas e, muitas vezes, são essenciais para melhorar a economia e a qualidade de vida dos condôminos.

Ainda de acordo com Russo, para eleição de síndico e aprovação de contas, de aumento de taxa condominial e de obras úteis, como individualização dos hidrômetros, é necessário o voto da maioria dos presentes na reunião. Já para obras urgentes, como impermeabilização de um local com vazamento, se não envolver despesas consideradas de alto custo não há necessidade de aprovação.

Fonte: EXTRA

Encontre-nos no facebook