Entre em contato por e-mail

Confira nossos artigos e notícias

Conecte-se no Twitter com a Duplique Desembargador!

Download de aplicativos (como o Adobe Reader) e modelos de documentos e formulários

Acompanhe a evolução dos condomínios da Duplique Desembargador!

Conecte-se no Facebook com a Duplique Desembargador!

Conecte-se no Google Plus com a Duplique Desembargador!

Pesquise detalhes antes de comprar

Especialistas ensinam como verificar itens importantes do imóvel

Na busca por um apartamento, as primeiras decisões passam pelos fatores preço e localização. Feitas as contas, é hora de checar itens sobre a obra e questões específicas do empreendimento antes de fechar a compra. Há detalhes importantes que farão toda a diferença.

Plantas, projetos, materiais e termos específicos podem soar complicados para o comprador, mas ele não deve se intimidar. “É preciso perguntar de qual material são as paredes, por exemplo”, diz Jussara Specian, arquiteta do escritório Casacinco.

“Uma situação comum é a pessoa olhar a planta do imóvel e achar que entende o que está desenhado ali, mas só depois, ao visitar um apartamento modelo, ou quando recebe o seu, percebe que os tamanhos dos cômodos e a posição das portas e janelas são diferentes do que imaginava”, aponta.

Os cuidados se aplicam a imóveis comprados na planta, aos novos e prontos, e também aos usados. “O comprador precisa saber quais divisórias podem ser alteradas, a qualidade das tubulações, como foi feita a fiação elétrica e o encanamento, como funciona o sistema de gás e onde é possível furar a parede”, enumera a arquiteta Rosiana Sant´Ana.

O check-list do imóvel usado tem demandas específicas. Em geral, os compradores querem fazer reformas. Nesses casos, além de buscar informações sobre estrutura do prédio, instalações elétricas e hidráulicas e possíveis restrições do condomínio, vale a pena conversar com vizinhos, síndico e a administradora do condomínio.

Consultoria

É possível, ainda, contar com a ajuda de um especialista. “Um profissional de arquitetura ou engenharia pode ser contratado para prestar consultoria nesse momento de verificações”, diz Jussara.

Além da atenção com olho profissional, o arquiteto ou engenheiro deve solicitar cópias dos projetos e plantas do empreendimento. Também pode pedir documentos e projetos elétricos, de acabamentos e topografia.

Sol e barulho

“Recomendo prestar muita atenção à insolação. Em imóvel com dormitórios na face Sul, é quase certo ter de lidar com mofo e umidade”, explica Rosiana. Visitar o apartamento em dias e horários diferentes é uma dica preciosa. “Ao ver um apartamento no domingo está tudo tranquilo. Você está relaxado, almoçou com a família e tem tempo livre. Então, volte em um dia de semana, com horário apertado e movimento de trabalho, para avaliar localização e vizinhança”, diz Jussara.

Além de consultas e pesquisas, o consumidor tem à sua disposição dois documentos fundamentais. Um deles é o memorial descritivo, para quem adquire apartamento na planta. “O memorial traz especificações técnicas de todos os materiais e acabamentos que serão usados na construção”, ressalta Luciano Tomazini, vice-presidente de Vendas do Secovi-PR, o sindicato das imobiliárias do estado.

Manual

Na entrega do apartamento, o comprador recebe o manual do proprietário. Muita gente não o lê até o fim. O documento traz a descrição do imóvel: composição estrutural, revestimentos, indicação dos espaços para alterações, como instalação de ar-condicionado, e localização de tubulações, além de instruções de uso – como abrir e fechar um registro, desligar e ligar a rede elétrica interna e manutenção.

“O manual é muito importante, pois orienta sobre o uso do imóvel no dia a dia. É preciso ler com atenção e guardar”, recomenda Tomazini.

Check list

Confira dicas de verificação antes da compra e da entrega do imóvel:

• Ao comprar apartamento na planta – leia com atenção o memorial descritivo da obra. Ali devem constar especificações sobre todos os produtos e acabamentos que serão usados na construção, como tipo de tinta, pisos, portas, metais, louças, janelas, acabamentos e revestimentos.

• Estude e conheça a planta baixa – pergunte sobre medidas, posição de portas e janelas, possibilidades de alterações no imóvel. Se for preciso, conte com a consultoria de um arquiteto para entender o layout de cada ambiente e como será possível mobiliar e instalar equipamentos.

• Ao visitar um apartamento decorado – pergunte sobre medidas, materiais e acabamentos. Se puder, meça móveis e paredes.

• Não contrate mão-de-obra sem qualificação – para obras, mobiliário, instalações ou troca de pisos e revestimentos. Serviços devem ser executados por profissionais qualificados.

• Não contrate marceneiro – sem ter o projeto para o mobiliário.

• Não faça reformas de nenhum tipo: sem contratar arquiteto ou engenheiro para estudar viabilidade de obras e assinar o projeto.

• Peça as plantas do imóvel – para a construtora ou para o condomínio, antes de de reformas, instalações de móveis e equipamentos ou qualquer alteração.

• Em apartamento usado – preste especial atenção às instalações elétricas e hidráulicas, que costumam ser antigas, e converse com síndico e vizinhos para saber se o prédio vai passar ou já passou por reformas.

• No imóvel pronto ou usado – observe atentamente se há manchas de umidade nas paredes ou piso para detectar infiltrações. Mesmo em imóveis novos ou recém-pintados, a umidade deixa nódoas.

• Observe a vedação das janelas – teste o fechamento e a abertura de todas elas e também das portas.

• Verifique a pressão da água – cheque o funcionamento de todas as torneiras, privadas e chuveiros.

• Leia atentamente o Manual do Proprietário – siga as orientações para bom uso do imóvel e guarde esse documento.

Fonte: Gazeta do Povo

Encontre-nos no facebook