Entre em contato por e-mail

Confira nossos artigos e notícias

Conecte-se no Twitter com a Duplique Desembargador!

Download de aplicativos (como o Adobe Reader) e modelos de documentos e formulários

Acompanhe a evolução dos condomínios da Duplique Desembargador!

Conecte-se no Facebook com a Duplique Desembargador!

Conecte-se no Google Plus com a Duplique Desembargador!

RECUPERAÇÃO DE FACHADA

Recuperar a fachada do prédio é, sem dúvida, uma das obras mais importantes dentro de um condomínio.E justamente por isso ela deve ser debatida e avaliada com muito cuidado.

Ocasionalmente os síndicos não possuem conhecimento técnico a respeito dos materiais de execução da obra, tampouco dispõe de tempo para acompanhar a inspeção das empresas especializadas para a elaboração dos orçamentos de recuperação predial.

É comum ocorrer a apresentação de orçamentos com grandes divergências em relação ao método a ser executado na obra, assim como a utilização de produtos e marcas diferentes, acarretando grande disparidade de valores. O que se deve ter em mente é que nem sempre a proposta mais barata é a mais indicada para o condomínio, ou, ainda, a de melhor custo-benefício. Para que isto não venha a acontecer, o mais certo a se fazer é contratar um consultor técnico – seja ele Arquiteto ou Engenheiro Civil – para a realização de um laudo técnico, cuja finalidade é de relatar todas as patologias apresentadas na edificação. O laudo deverá descrever detalhadamente as etapas da obra, assim como todos os materiais a serem utilizados, especificando marca e referência dos produtos mais indicados para cada caso.

Na busca de orçamentos, o síndico deverá apresentar os laudos as empresas credenciadas prestadoras do serviço. Concluída esta etapa, as empresas deverão apresentar suas propostas de acordo com as diretrizes impostas no parecer do consultor técnico. Desta forma, facilitará a comparação dos orçamentos, haja vista que os métodos e materiais serão os mesmos, restando aos condôminos a averiguação quando a indoneidade da empresa, suas credenciais e a referência de obras concluídas.

Munido dessas informações o condomínio terá maior facilidade na hora de negociar valores e prazos de pagamento com as empresas. Importa ressaltar alguns itens de extrema importância para a escolha da empresa: verificar se os funcionários são devidamente registrados, se os equipamentos utilizados atendem as normas do Ministério do Trabalho, a exigência do fornecimento de ART (Anotação de Responsabilidade Técnica) e o acompanhamento da obra por um profissional credenciado junto ao Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura – CREA.

Fonte: ConviveremCondominio

Encontre-nos no facebook