Entre em contato por e-mail

Confira nossos artigos e notícias

Conecte-se no Twitter com a Duplique Desembargador!

Download de aplicativos (como o Adobe Reader) e modelos de documentos e formulários

Acompanhe a evolução dos condomínios da Duplique Desembargador!

Conecte-se no Facebook com a Duplique Desembargador!

Conecte-se no Google Plus com a Duplique Desembargador!

Reforma de casa – seis cuidados essenciais para garantir o sucesso da obra

Orientações são necessárias especialmente para quem não vai contar com ajuda especializada

Reformar a casa costuma ser o principal caminho a ser percorrer para a conquista do lar dos sonhos. Mas para que esse desejo não se transforme num pesadelo, vale considerar alguns detalhes antes de iniciar o quebra- quebra, principalmente se você decidir realizar a obra sem orientação técnica (o que não é recomendado).

Reforma de casa com segurança

Reforma de casa só pode ser realizada com segurança e cautela. Assim, o sonho do lar perfeito não se transforma em pesadelo (Fotos: Shutterstock)

Veja a seguir dicas essenciais para começar uma reforma:

1 – Não modifique ou derrube partes da estrutura da casa

Só um engenheiro ou um arquiteto pode dizer com segurança se uma parede pode ser quebrada. O mesmo vale para os elementos de sustentação, como vigas, pilares e lajes.

O profissional só vai concordar com a retirada de qualquer parte do imóvel se essa alteração não comprometer a estrutura e a segurança. Além disso, se for preciso, ele indicará o reforço necessário para que você possa fazer a mudança desejada.

Engenheiro avalia reforma de casa

Derrubar uma parede ou qualquer outra parte da estrutura da casa é uma atitude arriscada. Consulte um profissional sempre que possível

Se não for possível quebrar o que você está querendo, não faça. Tenha certeza que você não corre nenhum risco de segurança na construção. Afinal, o que ninguém quer é conviver com trincas ou rachaduras, ou pior, quebrar e provocar um desabamento.

Vale lembrar que, hoje, muitas construções são feitas em alvenaria estrutural, ou seja, é a própria parede que veda a casa, sustenta e dá estrutura. Portanto, não pense em demoli-la.

2. Cuidado com acréscimo de cargas

Você quer colocar um ofurô na varanda ou uma nova caixa d´água para ter mais reserva? Ou está pensando em nivelar o piso da sacada com a sala? Cuidado! As estruturas existentes podem não suportar o peso extra que você vai adicionar.

Ter uma banheira em casa

Apenas o profissional pode analisar se a casa está preparada para receber a carga de um ofurô ou banheira

Apenas o profissional pode analisar se a casa está preparada para receber a carga adicional e dimensionar o reforço de estrutura que será necessário.

3. Atenção à impermeabilização

Infiltração é um problemão! Acaba com paredes, pintura, pode até comprometer a estrutura. O correto é impermeabilizar bem todas as partes da casa em contato com o solo ou com a água: fundação, lajes, contrapisos dos banheiros. Faça isso durante a reforma. Obras de reparos de impermeabilização são mais caras e difíceis de fazer!

4. Escolha os materiais adequados ao uso

O material inadequado para o seu tipo de obra ou de uso pode causar problemas. Você pode cair se escolher um piso escorregadio para colocar no box do banheiro ou fazer o telhado ruir se usar uma madeira de baixa qualidade. Então, siga o que foi especificado no projeto, se você tem um projeto. Se não tiver, conheça, pesquise, visite lojas e pergunte para os profissionais o que utilizar.

Piso vinílico instalação

Prefira os materiais de construção certificados

Verifique se as propriedades dos materiais escolhidos correspondem ao resultado que você quer ter e fique de olho na qualidade. Nem sempre o material mais barato deixa a obra – como um todo – mais barata. Prefira os materiais certificados.

5. Evite acidentes com a mão de obra

As reformas escondem muitos perigos para os trabalhadores. Os riscos mais comuns estão em andaimes ou plataformas sem grade de segurança, no uso de cinto de segurança mal colocado (ou na falta dele), em telhados frágeis ou escorregadios.

Também são perigosos os trabalhos com cargas, escavação de fundação, demolição estrutural e o uso de máquinas e equipamentos de corte.

Pedreiros na reforma de casa

Na reforma de sua casa privilegie as equipes que utilizam equipamentos de proteção individual

Há um costume de improvisar e de não se preocupar com a segurança nas obras. Evite isso. Se algum desses tipos mais perigosos for acontecer na sua casa, fique ainda mais atento e exija que os equipamentos de segurança sejam usados corretamente.

Na hora de contratar pergunte como é feita a proteção contra acidentes e privilegie as equipes que utilizam equipamentos de proteção individual. Coloque essa condição no contrato, mesmo se for um contrato aparentemente simples, entre você e o pessoal da obra.

6.Atenção às etapas da obra

Para o todo ter qualidade, cada parte da obra é importante. Não adianta só caprichar nos acabamentos no final sem ter cuidado do que ficou por baixo. Não dá para “maquiar” problemas! É preciso seguir a sequencia correta das atividades, respeitar os tempos de secagem antes de iniciar outra etapa e escolher bem os materiais.

Você precisa ter uma postura pró-ativa. Basta um pouco de disposição para entender o básico e assumir o controle da sua obra. Para mandar bem na reforma, você não precisa saber fazer, e sim controlar. Entenda quais os momentos críticos que você deve acompanhar, identifique bons profissionais (arquiteto, engenheiro, eletricista, pedreiro, gesseiro, etc) e escolha materiais adequados.

Fonte: ZAP Imóveis

Encontre-nos no facebook