Entre em contato por e-mail

Confira nossos artigos e notícias

Conecte-se no Twitter com a Duplique Desembargador!

Download de aplicativos (como o Adobe Reader) e modelos de documentos e formulários

Acompanhe a evolução dos condomínios da Duplique Desembargador!

Conecte-se no Facebook com a Duplique Desembargador!

Conecte-se no Google Plus com a Duplique Desembargador!

Respirando qualidade o ano todo

O ar-condicionado central permite a climatização de vários ambientes e pode ser usado mesmo no inverno

A climatização de ambientes é essencial para evitar doenças respiratórias e garantir o bem-estar dos moradores. Por isso, mesmo no inverno, o ar-condicionado é indispensável nos condomínios.

Sistemas modernos surgem no mercado a todo momento, e, para facilitar o trabalho e estabelecer um padrão, muitos edifícios optam por instalar o ar-condicionado central, sistema que distribui o ar refrigerado por vários ambientes.

“Este sistema é constituído por uma unidade externa e pode ter até 98 evaporadoras internas distribuídas em vários apartamentos. Também é possível ter uma unidade independente para atender cada apartamento”, explica o CEO da Resende Ar-Condicionado, Rene Resende.

Por ser um sistema complexo, os cuidados com o aparelho começam na escolha da empresa. “Para começar o síndico tem que exigir a carta de credenciamento da empresa instaladora junto ao fabricante. É o fabricante quem irá dizer se a empresa está capacitada para prestar o serviço”, garante Resende.

Manutenção e limpeza – É fato: o equipamento de ar-condicionado sujo gera diversos riscos para a saúde. Problemas respiratórios são os mais frequentes e podem se agravar com o tempo. O aparelho de ar central não foge disso. E para evitar os riscos, é preciso fazer a manutenção e a limpeza adequadamente.

“O equipamento exige uma manutenção anual. Já a limpeza do filtro da unidade interna deve ser feita a cada três meses. Nesse caso, retira-se o filtro e efetua-se a lavagem com água e detergente. Mas é preciso ter muito cuidado, só a empresa responsável pode fazer isso. Um sinal de que a manutenção ou limpeza não está bem feita é o forte odor. Isso indica a perca de eficiência da máquina”, afirma Resende.

A redução do consumo de energia é o maior benefício do ar central. Por isso, a dica é pesquisar e ficar atento às novas tecnologias que aparecem no mercado.

“Assim é possível ter um ganho em economia de energia que pode até garantir o retorno do investimento a médio prazo”, diz Resende.

Principais benefícios

- O ar-condicionado central é mais econômico que os outros equipamentos

- Para instalação, o condomínio precisa ter um espaço adequado

- A escolha da empresa precisa ser feita com cuidado. Na hora da compra, é preciso garantir o serviço de manutenção

Fonte: iCondominial

Encontre-nos no facebook