Entre em contato por e-mail

Confira nossos artigos e notícias

Conecte-se no Twitter com a Duplique Desembargador!

Download de aplicativos (como o Adobe Reader) e modelos de documentos e formulários

Acompanhe a evolução dos condomínios da Duplique Desembargador!

Conecte-se no Facebook com a Duplique Desembargador!

Conecte-se no Google Plus com a Duplique Desembargador!

Saiba qual tipo de imóvel e onde vale a pena investir

Existem boas oportunidades para comprar um apartamento, mas é importante conhecer no que é melhor investir.

Uma pergunta importante para quem vai comprar um imóvel é onde investir. Para quem tem dinheiro guardado este é o momento ideal para comprar, garantem os especialistas. Os altos juros e a restrição no crédito não devem ser um fator de impedimento já que existe um lado positivo no mercado imobiliário. Porém, fique atento em que tipo de imóvel vale a pena investir em São Paulo e no Rio de Janeiro e quais são as regiões que estão mais valorizadas.

Com o agravamento da crise em 2015, as vendas caíram e as construtoras acabaram acumulando estoques. Para aquecer as vendas, as incorporadoras têm realizado promoções e aceitado negociar. “Se as taxas de juros estão muito altas neste momento, existe a contrapartida que o preço do imóvel está caindo. Para quem tem dinheiro ou um percentual alto para dar de entrada, este é um bom momento. Com os estoques altos, o consumidor consegue negociar. As construtoras ou pessoas que querem vender um usado vão aceitar uma proposta bem menor”, afirma a advogada Daniele Akamine, diretora da Akamines Negócios Imobiliários.

chaves do ap

Momento é bom para comprar um imóvel novo (Foto: Shutterstock)

Para Flávio Prando, vice-presidente de Intermediação Imobiliária do Sindicato da Habitação de São Paulo (Secovi-SP), o primeiro passo importante é entender que, para investir em um imóvel, não se pode esperar um retorno imediato.

“É um investimento sempre considerado de médio e longo prazo. Não se compra um imóvel com horizonte de retorno menor do que três a quatro anos”, diz Prando.

E oportunidades não faltam neste momento, mas em que tipo de imóvel se deve investir na capital paulista? “Os imóveis de um ou dois quartos em bairros centrais e entre os rios estão valendo a pena. Primeiro porque sempre tem procura por eles para aluguel e dificilmente eles vão dar dor de cabeça. Outro ponto positivo é que, com a metragem reduzida, o custo de carregamento, ou seja, de condomínio e IPTU, é menor, então se ficar desocupado não vai pesar tanto no bolso. É fundamental ficar atento a esses valores porque, às vezes, mesmo sendo um imóvel pequeno, tem taxas altas”, afirma o vice-presidente.

negociação

Imóveis de um ou dois quartos em bairros centrais valem a pena atualmente (Foto: Shutterstock)

Prando aponta ainda uma lista de bairros que estão mais valorizados e que valem o investimento. Normalmente são regiões próximas dos núcleos de trabalho, que atraem moradores de locação, que têm linhas de metrô e ônibus acessíveis e que são um mix de bairro residencial, comercial e de serviço, já que isso tudo junto facilita a vida da pessoa. Para ele, os bairros que valem a pena investir são Lapa, Vila Madalena e Pinheiros, na Zona Oeste; Vila Olímpia, na Zona Sul; Tatuapé e Penha, na Zona Leste; e Barra Funda e toda a região central.

No Rio de Janeiro, o cenário não é diferente do que em São Paulo. “O cenário de crise econômica e política deixou o mercado mais retraído. Em contrapartida, há mais ofertas e é um bom momento para negociar, está favorável para o comprador barganhar melhor”, afirma Leonardo Schneider, vice-presidente do Secovi-RJ. Ele afirma que os imóveis mais rentáveis são os menores, de fácil acesso, com comércio por perto e com segurança.

“Copacabana, Tijuca e Flamengo são valorizados para o mercado secundário, de usados. Já a Barra da Tijuca é uma boa região para investir em novos, imóveis na planta”, finaliza Schneider.

Fonte: ZAP Imóveis

Encontre-nos no facebook