Entre em contato por e-mail

Confira nossos artigos e notícias

Conecte-se no Twitter com a Duplique Desembargador!

Download de aplicativos (como o Adobe Reader) e modelos de documentos e formulários

Acompanhe a evolução dos condomínios da Duplique Desembargador!

Conecte-se no Facebook com a Duplique Desembargador!

Conecte-se no Google Plus com a Duplique Desembargador!

Sem assaltos

COMO MANTER SUA RESIDÊNCIA SEGURA DURANTE VIAGENS

Desligar a campainha e o telefone evita que percebam que não há pessoas em casa. Já deixar a luz acesa o tempo todo é pouco eficiente
Mais um feriadão se aproxima e as famílias preparam suas malas para seguirem viagem e conhecerem lugares novos. Mas é preciso atenção para não ter surpresas quando voltar para casa. Por pequenos descuidos, a residência pode sofrer danos que vão desde roubos a vazamentos provocados por janelas mal fechadas, por exemplo.
O gerente geral de condomínios da APSA, Geraldo Victor, aponta alguns cuidados que o proprietário deve ter para manter o lar seguro e evitar futuras dores de cabeça.
”É preciso checar portas e janelas para garantir que estão bem fechadas, fechar a saída de gás de fogões, aquecedores e registros, para evitar que torneiras e chuveiros fiquem vazando”, lembra. “Alguns cuidados parecem óbvios, mas como são muitas áreas da casa, às vezes, as pessoas esquecem de olhar todos os locais”, complementa.
Segundo Geraldo Victor, também é importante desligar aparelhos eletrônicos como televisores, ventiladores e outros que possam ficar fora da tomada.
Outra forma de evitar possíveis transtornos é selecionar as pessoas certas para avisar que estará de viagem. “Comunicar na portaria é muito importante, inclusive para deixar com o síndico os contatos de parentes ou amigos próximos que possam ser contatados em casos de urgência”, diz.
No caso de apartamentos que possuam peixes ou passarinhos, por exemplo, é necessário pedir a um conhecido para fazer visitas ao apartamento e checar se está tudo certo. Nesse caso é preciso orientar os porteiros sobre quem tem autorização para entrar no apartamento durante período da viagem.
Para as casas os cuidados são maiores, pois bandidos tendem a observar o movimento para identificar oportunidades de invasão. Por isso, pedir para que alguém faça visitas periódicas para limpar a fachada e retirar jornais e correspondências – além de sinalizarem que a casa está vazia, podem fornecer informações sobre o morador.
Desligar a campainha e o telefone evita que percebam que não há pessoas em casa. Já a crença de que deixar a luz acesa para pensarem que há gente é pouco eficiente. “Ninguém acende a luz durante o dia. O ideal é instalar uma iluminação de vigia, que acende apenas quando está escuro”, explica.
O retorno ao lar também deve ser levado em consideração. “Quem volta de viagem está cansado. É sempre bom encontrar uma casa limpa e arejada, pronta para nos receber. Por isso, tente refrescar o ambiente, deixando os basculantes, que são inofensivos, abertos”, finaliza.
Fonte: Direcional Condomínios

Encontre-nos no facebook