Entre em contato por e-mail

Confira nossos artigos e notícias

Conecte-se no Twitter com a Duplique Desembargador!

Download de aplicativos (como o Adobe Reader) e modelos de documentos e formulários

Acompanhe a evolução dos condomínios da Duplique Desembargador!

Conecte-se no Facebook com a Duplique Desembargador!

Conecte-se no Google Plus com a Duplique Desembargador!

Síndico aplica pesquisa com condôminos e promove mudanças

Síndico aplica pesquisa com condôminos e promove mudanças 

Ele aplicou a Pesquisa de Satisfação em Condomínios, proposta pelo Jornal dos Condomínios em parceria com os síndicos da Capital.

O síndico Yamandu Martorell, do condomínio Haroldo Pederneiras, no Centro de Florianópolis, tem uma indicação de como melhorar a administração do seu prédio. Ele aplicou a Pesquisa de Satisfação em Condomínios, proposta pelo Jornal dos Condomínios em parceria com os síndicos da Capital. Yamandu foi um deles e apresenta a experiência com a aplicação do questionário no condomínio.

Durante 30 dias, Martorell colocou anúncios nos elevadores, quadros de avisos e nas caixas de correspondência para despertar o interesse dos condôminos sobre as questões a serem avaliadas. A pesquisa permite que cada síndico aplique o levantamento da maneira que considerar mais conveniente, já que cada condomínio possui suas particularidades.

O síndico pediu aos moradores para que avaliassem sete temas: limpeza, segurança, infraestrutura, sustentabilidade, gestão e saúde financeira, prestação de serviços e lazer/convivência. As respostas foram coletadas por unidade e foi possível optar entre bom, regular ou ruim para várias perguntas sobre cada tema.

Do total de 98 apartamentos, 50 responderam às questões. “A elaboração de um plano de ação demanda tempo. Mas com estes dados podemos direcionar melhor a administração do condomínio porque há respaldo dos moradores sobre as prioridades”, destaca.

Em relação a um dos temas – sustentabilidade – constatou-se que 90% dos entrevistados fazem a separação de resíduos. A maioria dos moradores pesquisados (68%) também concorda com ações para contribuir com o meio ambiente. Com base neste percentual, o síndico pretende elaborar um projeto ambiental de coleta de resíduos, principalmente de produtos tóxicos como pilhas, baterias e óleo de cozinha.

A intenção também é organizar uma palestra com a Companhia de Melhoramento da Capital (Comcap) para orientar os moradores sobre medidas complementares que podem ser adotadas em relação ao lixo do prédio.

Comunicação é recomendação de síndico

O síndico conta também que um dos problemas observados pelos moradores estava relacionado aos elevadores, que estava com falha na manutenção. “Trocamos a empresa que fazia o serviço e este problema já foi solucionado”, comemora Yamandu Martorell.

Outro local que deverá merecer a atenção será a churrasqueira: 62% desejam que o local seja reformado. “Aos poucos, conseguiremos resolver os problemas e promover melhorias”, afirma o síndico. O trabalho dos funcionários e a limpeza do prédio também receberam aprovação de grande parte dos moradores que responderam à pesquisa.

Yamandu Martorell sugere aos demais síndicos que encontrem a melhor forma de se comunicar com os moradores. “É preciso persistir porque as pessoas se esquecem ou não demonstram interesse em responder, mas é importante a avaliação para a melhoria geral”, pondera.

Na opinião do síndico, avisos nos elevadores, na portaria e na caixa de correio podem surtir efeito. Uma assembleia deve ser realizada para eleger as prioridades definidas pelos moradores na pesquisa e dar início ao plano de ação.

A proposta

O objetivo é traçar prioridades, aumentar a participação dos condôminos nas decisões e definir os pontos fracos e fortes em diferentes áreas do prédio. A formatação do projeto foi liderada pelo Jornal dos Condomínios e contou com o apoio da PSM Consultoria, empresa que implanta sistemas de gestão, e de outras quatro pessoas: os síndicos Vitor Warken, Jandir Ambrosi, Yamandu Martorel e a conselheira Sandra Berber. A ideia da pesquisa foi do síndico Vitor Warken, do Condomínio Plaza Viena, em Florianópolis.

O projeto teve por base os nove pilares considerados importantes pelo jornal para o bem-estar e a felicidade dos moradores em condomínios: infraestrutura, convivência, sustentabilidade, saúde financeira, gestão condominial, prestação de serviços, saúde, lazer e segurança.

 

Fonte: CondominioSC

Encontre-nos no facebook