Entre em contato por e-mail

Confira nossos artigos e notícias

Conecte-se no Twitter com a Duplique Desembargador!

Download de aplicativos (como o Adobe Reader) e modelos de documentos e formulários

Acompanhe a evolução dos condomínios da Duplique Desembargador!

Conecte-se no Facebook com a Duplique Desembargador!

Conecte-se no Google Plus com a Duplique Desembargador!

Trato na fachada, sem riscos

Condomínio deve planejar limpeza para garantir a segurança de moradores e funcionários

Quando se trata da limpeza da fachada de edifícios, principalmente naqueles que são revestidos com pastilhas, cabe aos administradores do condomínio e à empresa contratada garantirem a segurança dos responsáveis pelo serviço e também a dos moradores e funcionários.

Normalmente, durante o período de limpeza, os moradores são informados para fecharem as janelas durante o hidro jateamento, e esse aviso, em geral, é realizado pelo interfone no momento em que os lavadores estão descendo. Quando necessário, a empresa isola determinadas áreas para evitar que moradores passem e corram algum perigo.

Antes da limpeza, a organização é realizada pela empresa contratada, enquanto os cuidados com a manutenção das áreas comuns devem ser supervisionados pelo zelador. O primeiro ponto é a certificação adequada da utilização dos EPIs (Equipamentos de Proteção Individual).

“Uma vez que é responsabilidade do condomínio garantir a segurança dos funcionários junto à empresa que executará o serviço”, explica o gerente de condomínios Alexandre Beraldino.

Cuidados com moradores – No que diz respeito aos condôminos, de acordo com Rodrigo Ribeiro, responsável pelo departamento de compras de uma administradora de condomínios, deve-se sempre avisar os moradores para fecharem as janelas durante o hidro jateamento.

Quando necessário, é preciso isolar algumas áreas e até pedir para que carros sejam retirados das vagas que possam estar próximas dos locais a serem limpos. Em alguns casos, os moradores deixam as chaves com o zelador para que ele providencie a manobra dos veículos. “Em outros, os carros que permanecem nas garagens são cobertos com lonas ou capas adequadas”, finaliza Rodrigo Ribeiro.

No condomínio da jornalista Janaina Gimael, localizado no bairro de Pinheiros, em São Paulo, a recomendação para os moradores – fixada nos elevadores – foi de usar panos para vedar as janelas durante os dias de limpeza das pastilhas. “Eles também fizeram uma espécie de “corredor” para a passagem dos moradores e desativaram algumas vagas da garagem usando cones para ninguém estacionar nas áreas que seriam limpas”, conta.

Para facilitar o trabalho

  • Estipular horários e locais a serem limpos é algo importante para aperfeiçoar o processo e garantir a segurança dos moradores
  • Algumas áreas muito utilizadas pelos moradores, como os elevadores e a garagem, devem ser limpos em horários com menos movimento, como no meio da tarde durante a semana ou nos fins de semana pela manhã
Fonte: iCondominial

Encontre-nos no facebook