Entre em contato por e-mail

Confira nossos artigos e notícias

Conecte-se no Twitter com a Duplique Desembargador!

Download de aplicativos (como o Adobe Reader) e modelos de documentos e formulários

Acompanhe a evolução dos condomínios da Duplique Desembargador!

Conecte-se no Facebook com a Duplique Desembargador!

Conecte-se no Google Plus com a Duplique Desembargador!

TV pode fazer parte da decoração. Veja ideias

O aparelho pode ficar embutido em um móvel ou até mesmo pendurado no teto

Se existe um aparelho que não pode faltar dentro de uma casa é o de TV. Afinal, quem não gosta de se informar ou se divertir assistindo à televisão ou de usá-la para ver um bom filme ou jogar videogame?

Segundo a designer de interiores Grazi Eleoterio, aproveitando as novas tecnologias, hoje em dia é possível colocá-la até embutida em portas de armário ou guarda-roupa, além de vidro ou espelho – opções perfeitas, criativas e funcionais principalmente para ambientes pequenos.

Office Urbano, escritório da Casa Cor Santa Catarina 2014, desenvolvido pelos arquitetos Luiz Fernando Zanoni e Thais Zimmermann, do Studio Archdesign usou TV pendurada no teto (Foto: Leo Simas)

“Um tubo em inox possibilita que a TV fique suspensa no meio do ambiente, sem a necessidade de parede. A fiação do aparelho fica dentro do tubo”, sugere Grazi.

TV na decoração

Ter a cama e o guarda-roupa um de frente para o outro é muito comum, principalmente em ambientes pequenos, o que inviabiliza o uso da TV.

“Inviabilizava, já que as TVs fininhas, que são mais leves, podem ser colocadas dentro do armário sobre alguma prateleira. E basta abrir a porta do guarda-roupa quando quiser assistir ou então colocar uma porta de vidro incolor”, recomenda.

A porta que vai receber a TV deve ser de espelho ou de vidro, pois esses materiais permitem que você veja e ouça a televisão perfeitamente quando ligada e, quando desligado, o aparelho se torna invisível. E tanto o vidro quanto o espelho não impedem a ação do controle remoto. O aparelho pode ser qualquer um, desde que seja fino. Mas a estrutura que irá suportá-lo deve ser resistente. Já a fiação fica toda dentro do armário.

Projeto com uso de TV giratória (Foto: Site Habitissimo)

Quarto com TV giratória

Nesse caso, a televisão fica suspensa por uma estrutura que é toda revestida, bem como a fiação. E ainda existe a vantagem de oferecer mobilidade ao aparelho, que gira e pode atender a dois ambientes. Essa proposta também é perfeita para ambientes integrados.

TV giratória

O eletroeletrônico também pode ser embutido no teto por meio de um suporte escamoteável motorizado. Para quartos é recomendado o suporte simples, que apenas desce do teto, e para ambientes integrados é interessante o modelo que permite giro de 360°, atendendo todos os ambientes.

A fiação da televisão ou de aparelhos como DVD, por exemplo, é feita através de uma infraestrutura de conduítes. O nicho (ou forro de gesso) que embute a TV no teto precisa ter, no mínimo, 25 cm para acoplar o aparelho perfeitamente ao teto quando fechado.

“Para terminar, uma ideia que eu gosto: esconder a TV! Para isso, pode-se usar um painel móvel na estante ou um móvel antigo modificado para embutir o aparelho”, recomenda Grazi.

E não se esqueça: antes de posicionar o eletroeletrônico definitivamente, fique no lugar onde vai sentar-se para vê-lo (sente-se no sofá, nas poltronas laterais, deite na cama) e só então decida a posição correta. Lembre-se também de observar a incidência do sol e prefira que ela fique na parede onde a luz menos incidir.

Fonte: ZapImoveis

Encontre-nos no facebook