Entre em contato por e-mail

Confira nossos artigos e notícias

Conecte-se no Twitter com a Duplique Desembargador!

Download de aplicativos (como o Adobe Reader) e modelos de documentos e formulários

Acompanhe a evolução dos condomínios da Duplique Desembargador!

Conecte-se no Facebook com a Duplique Desembargador!

Conecte-se no Google Plus com a Duplique Desembargador!

Vantagens e desvantagens de comprar um imóvel dentro de um condomínio fechado

A cada dia que passa, é mais comum que se relacione o sonho de ter a casa própria com a ideia de segurança, espaço e privacidade. Para que se possa ter a certeza disso, basta acompanhar o mercado imobiliário e reparar que o aumento na quantidade de condomínios construídos nos últimos anos só tem crescido. Mas, ainda assim, uma questão que tem grande peso ao realizar a compra de um apartamento, é a ideia de que viver em um condomínio fechado acaba intervindo muito mais no bolso.

Para que se evite custos muito altos na compra de um imóvel em um condomínio fechado, é importante que se estude os custos e os benefícios para fazer que possa ser feita uma análise se a ideia de ter uma casa em um condomínio sairia muito cara. Assim o condomínio é o primeiro valor que deve ser estudado, mesmo antes de se adquirir o imóvel, pois ele é o principal custo direto. No entanto, o preço do condomínio contem uma série de agregados que, são divididos pelo número de condôminos.

Portanto, se a ideia é adquirir um imóvel em um condomínio novo, é importante que se tenha atenção a alguns detalhes importantes. Nessa situação, pode existir a necessidade de investir em infraestrutura. Custos com infraestrutura podem ser agregados à mensalidade do condomínio, seja esta temporária ou até que tal serviço ou produto seja pago. Além do mais, alguns condomínios podem cobrar um padrão de construção, que pode resultar em custos adicionais. Por outro lado, para alguns investidores é necessário que se tenha mais atenção para adquirir um imóvel em condomínios fechados, pois com uma casa em um condomínio, mesmo que não tenha ninguém morando nela, é necessário que se pague a taxa de condomínio durante todo o tempo que ela esteja desocupada.

Fonte: SeuCondominio

Encontre-nos no facebook