Entre em contato por e-mail

Confira nossos artigos e notícias

Conecte-se no Twitter com a Duplique Desembargador!

Download de aplicativos (como o Adobe Reader) e modelos de documentos e formulários

Acompanhe a evolução dos condomínios da Duplique Desembargador!

Conecte-se no Facebook com a Duplique Desembargador!

Conecte-se no Google Plus com a Duplique Desembargador!

Veja detalhes para prestar atenção ao alugar direto com o proprietário

Ao alugar diretamente com o proprietário é preciso ter cautela e tomar alguns cuidados. Confira as dicas que separamos e encontre seu imóvel!

Alugar imóveis sem a presença de um corretor ou imobiliária pode causar certo receio nos clientes e gerar maior desconfiança, mas se feito com cautela, é possível ter uma negociação agradável e sem traumas para ambas as partes.

É importante que você, como pessoa interessada no imóvel, conheça seus direitos e deveres, além de ter alguma noção de como funciona o processo de locação de imóvel.

Com esse artigo, visamos orientá-lo em relação aos cuidados necessários na hora de fechar negócio, para que você não caia em golpes ou seja lesado durante a tratativa com o proprietário da casa ou apartamento.

O primeiro passo de todos, e certamente o mais importante, é a confecção de um contrato detalhado! Não se pode pensar em qualquer que seja o tipo de negócio sem que um contrato esteja por trás para firmar o que foi combinado e garantir a sua segurança caso venha a ocorrer algum problema no meio do percurso.

Nele, devem conter informações importantes como condições de valores, formas de pagamento, taxas (caso houver), datas e dados dos envolvidos.

Ainda que você deseje realizar todo o procedimento com maior liberdade sem o envolvimento de um corretor ou imobiliária, é importante que seja consultado um advogado para estruturação do contrato e garantia de que tudo sairá como previsto em lei.

Ele auxiliará vocês sobre a melhor forma de incluir pontos importantes como o que é direito e dever do cliente no que diz respeito a pagamento de taxas e tributos como o IPTU, por exemplo.

Um olhar clínico na hora de visitar o imóvel vai prevenir problemas no futuro. Atente-se a situação da casa ou apartamento que você deseja alugar para cobrar do proprietário os reparos necessários antes de entrar para morar. Um item fundamental que precisa estar discriminado no contrato e é de responsabilidade de quem está ofertando o imóvel para aluguel é a vistoria.

Ela serve como garantia de que você tenha 100% de funcionamento em pontos fundamentais como rede elétrica e tubulação de água. Minúcia na vistoria ajuda a evitar curtos circuitos e vazamentos dentro do imóvel. Identifique possíveis rachaduras ou fios danificados.

Discutir detalhadamente o que é responsabilidade de cada parte envolvida na locação é uma forma de manter as coisas transparentes e estreitar laços com o proprietário do imóvel. Clareza nas conversas ajuda a ter mais abertura para discutir eventuais necessidades de reparos ou até mesmo sugerir melhorias para o ambiente.

Desta forma, você poderá morar com conforto e o dono do imóvel terá mais segurança sobre quem está ocupando o bem que lhe pertence pelo tempo em que o contrato estiver determinado.

Entenda com o dono do imóvel os benefícios e diferenciais presentes no mesmo. Se você tem carro, uma vaga de garagem é sempre bem vinda. Caso tenha animais de estimação, uma casa ou apartamento que possibilite a criação dos bichinhos e atenda às suas necessidades estará à frente de outras opções presentes no mercado.

Converse com o proprietário sobre todos esses detalhes e peça para que ele aponte se há algum diferencial que possa ser fator decisivo na hora de fechar negócio.

Por fim, nunca se esqueça de pesquisar sobre a região do imóvel para não ter surpresas como barulho excessivo não comunicado devido à proximidade com avenidas movimentadas, fábricas ou demais fatores que interfiram no ruído da área.

Além disso, atente-se ao que tem de infraestrutura no bairro, como terminais de ônibus e estações de metrô, escolas, hospitais e prontos socorros, supermercados, entre outros tipos de conveniência. Uma visita à região em horários mais movimentados, se possível, te dará um panorama de como deve ser morar por ali.

Caso consiga, aproveite para trocar algumas palavras como os moradores e pessoas que trabalham próximo do local.

Fonte: http://www.imovelweb.com.br

Encontre-nos no facebook