Entre em contato por e-mail

Confira nossos artigos e notícias

Conecte-se no Twitter com a Duplique Desembargador!

Download de aplicativos (como o Adobe Reader) e modelos de documentos e formulários

Acompanhe a evolução dos condomínios da Duplique Desembargador!

Conecte-se no Facebook com a Duplique Desembargador!

Conecte-se no Google Plus com a Duplique Desembargador!

Veja dicas de como escolher a melhor vizinhança para o seu imóvel

Antes de fechar negócio, é fundamental checar se o local é tão seguro à noite quanto de dia. Conversar com quem já mora na região também pode ser esclarecedor.

Escolher um imóvel para morar envolve questões que vão além da quantidade de quartos e o tamanho do metro quadrado.

Ao procurar uma casa ou apartamento, é fundamental investigar a vizinhança para saber se a área é o lugar ideal para residir (clique nos pontos vermelhos da imagem abaixo e descubra as principais dicas de como escolher a melhor localização).

Antes de fechar negócio, é preciso checar se o bairro oferece comodidade e infraestrutura.

Oferecer fácil acesso a vias principais e ao transporte público é um ponto que valorizam o imóvel e devem ser levados em consideração por aqueles que estão em busca da casa perfeita.

Visite o local durante o dia e a noite (Fotos: Thinkstock)

Confira alguns passos importantes na hora de observar a vizinhança antes de fechar negócio:

Visite o local durante o dia e a noite – A luz da manhã pode mostrar o que não se vê quando está escuro. A movimentação da rua e estabelecimentos abertos dão uma ideia de como é o local durante o dia. Além disso, a visita neste horário também pode revelar se a casa recebe pouca luz do sol.

Fazer uma visita durante a noite também é uma amostra mais real do local. Neste período é possível verificar se a região é segura para se morar.

“À noite é possível observar se a rua é bem iluminada”, lembra o corretor de imóveis José Francisco Melo Altafini.

Aos finais de semana a vizinhança também pode mostrar um pouco mais a sua cara, já que muitos moradores estão em casa.
Cheque os estabelecimentos presentes nas redondezas – Saber se tem banco, mercado, farmácia e padaria por perto também pode ajudar na decisão da compra do imóvel.

Confira se a vizinhança faz muito barulho

“Ter um hospital perto de casa é um ponto positivo. No entanto, o ideal é que ele esteja localizado a cerca de 2 km do imóvel, para evitar muita movimentação na porta de casa”, sugere Altafini.

Converse com os vizinhos – Saber o que as pessoas que moram na área pensam sobre o local pode ser um bom indicativo. Busque entender quais são os problemas da vizinhança e analise se eles estão dentro dos seus padrões.

Durante a conversa, é possível descobrir mais sobre a segurança e informações de trânsito, alagamento e outras questões importantes.

Feira de rua pode ser inconveniente se precisar tirar o carro da garagem

Preste atenção no barulho – Quem não suporta que música alta ou barulho de vizinhos invada o silêncio da casa, o recomendado por Altafini é passar um período mais longo dentro do imóvel antes de bater o martelo.

“Se houver uma estação de trem por perto ou aeroporto, o interessado na casa deve avaliar se o ruído do transporte irá ser algo incômodo no dia a dia”, ressalta o corretor.

Se a vizinhança tem muitas crianças e o perfil do morador é mais tranquilo, morar em um local onde elas brincam perto da janela da casa ou apartamento pode ser frustrante.

Verifique se as ruas próximas têm vagas para as visitas estacionarem o carro

Já os pais que procuram um imóvel que tenha outras crianças morando por perto, a dica é conhecer os futuros vizinhos. Conversar com outros pais ajuda a verificar se o local é bom para os pequenos.

Tem estacionamento na rua? – Se você é do tipo de que gosta de receber os amigos e a família em casa, é interessante verificar se há vagas na rua para que eles possam estacionar o carro.

Verifique se há acesso a meio de transportes – Mesmo quem tem carro na garagem, ter fácil acesso ao transporte público pode ser bastante benéfico. Confira quais são as linhas de ônibus, metrô e trem que servem a região.

Cheque quais são as escolas da região – Se você quer que seu filho estude perto de casa, veja quais escolas estão próximas à região.

Mesmo que ele ainda seja pequeno, se a intenção é de que ele cresça no bairro, é importante saber quais são as opções de educação ao redor.

Morar perto da escola do filho pode ser mais vantajoso do que residir perto do trabalho. Isto porque os adultos mudam de emprego com mais frequência que as crianças trocam de escola.

Ter fácil acesso ao transporte público pode facilitar a rotina

“O ideal é morar perto da escola e não na mesma rua”, diz o corretor. Sua explicação é que os horários de entrada e saída podem ser tumultuosos e agravarem o trânsito local.

Feira de rua – Ter uma feira perto de casa pode ser um benefício, principalmente para as pessoas que não dirigem ou não têm carro. No entanto, para quem precisa tirar o automóvel da garagem, as barraquinhas podem se tornar um inconveniente semanal se a rua precisar ser fechada para que elas aconteçam.

Fonte: ZAP Imóveis

Encontre-nos no facebook