Entre em contato por e-mail

Confira nossos artigos e notícias

Conecte-se no Twitter com a Duplique Desembargador!

Download de aplicativos (como o Adobe Reader) e modelos de documentos e formulários

Acompanhe a evolução dos condomínios da Duplique Desembargador!

Conecte-se no Facebook com a Duplique Desembargador!

Conecte-se no Google Plus com a Duplique Desembargador!

Veja dicas para o bom convívio em condomínios

Saber respeitar o próximo e aceitar conversas civilizadas são atitudes que podem mudar o clima ruim do condomínio

Você provavelmente já deve ter ouvido falar ou conhece alguém que tem muitos problemas no condomínio em que mora, seja por conta de um vizinho chato, de um funcionário mal educado, de cachorros barulhentos, etc… Tudo isso, pra falar a verdade, é bem comum de acontecer, afinal, muitas pessoas vivendo no mesmo espaço acaba sendo difícil de controlar e socializar com todos. Mas, essa mudança pode começar por você. Ajudar e ser ajudado está entre as atitudes simples para um bom convívio em condomínios. Parta do princípio de morar ao lado de pessoas agradáveis – e mesmo que pareça difícil – tente ser gentil e educado com todos.

Convivendo_Condominio

Pense no barulho que você pode estar fazendo 

Um dos motivos que mais criam intrigas entre condôminos é o barulho. Muitas pessoas não respeitam as normas e leis, tanto do estado, do município, quanto do próprio condomínio. Geralmente, após às 10 horas da noite, é obrigatório que o mínimo de ruídos sejam feitos, ainda mais em prédios, onde a distância de um imóvel para o outro é praticamente 0. Evitar televisão alta, conversas em tons muito exacerbados, ferramentas, aparelhos musicais, limpeza pesada de casa… Enfim, tudo o que pode causar transtornos ao seu vizinho. É claro que não há a necessidade de se calar e viver dentro de um globo a vácuo após esse horário, mas saber respeitar o próximo é a dica mais assertiva para o bom convívio em condomínios.

Animais no condomínio

Atualmente, poucos são os lugares que não permitem que as pessoas tenham um bichinho de estimação, porém todo cuidado neste caso é pouco. Sair para passear com eles em áreas comuns requer que você limpe qualquer sujeira que ele possa vir a fazer. Além disso, animais muito barulhentos podem incomodar vizinhos não muito adeptos a bichinhos. Claro que tudo isso pode ser conversado, afinal, latido, miado, piado ou qualquer outro barulho são inevitáveis.

cocons

Respeito aos vizinhos é o mínimo

Para se conviver bem é preciso respeitar. Dica simples, mas que, acredite, não são seguidas por muitas pessoas. Dar um “bom dia” ao entrar no elevador, cumprimentar quem passa por você, ser educado, solícito e gentil são atitudes básicas que podem deixar o condomínio muito mais agradável para se viver. Ser mal educado não ajuda em nada o bom convívio em condomínios.

Respeite os funcionários do condomínio

Até agora demos dicas de convívio com seus vizinhos e as pessoas que moram próximas a você. Agradecer a um funcionário por um serviço prestado, cumprimentar o porteiro sempre que entrar ou sair são regras básicas de etiqueta e que valorizam o dia a dia no lugar em que mora.

Fonte: ImovelWeb

Encontre-nos no facebook