Entre em contato por e-mail

Confira nossos artigos e notícias

Conecte-se no Twitter com a Duplique Desembargador!

Download de aplicativos (como o Adobe Reader) e modelos de documentos e formulários

Acompanhe a evolução dos condomínios da Duplique Desembargador!

Conecte-se no Facebook com a Duplique Desembargador!

Conecte-se no Google Plus com a Duplique Desembargador!

Vida em condomínio

Síndico profissional pode agregar na administração do local.

Diferentes Perspectivas sobre a Vida em Condomínio

A vida em condomínio é cheia de altos e baixos. Para quem nunca morou em um, seu primeiro sentimento é o de segurança; muros altos, portaria equipada, câmeras de segurança, oferecendo uma maior segurança e qualidade de vida em um ambiente privado, de fato, um condomínio tende a tender essas expectativas, mas isso é facilmente quebrado quando temos outras pessoas vivendo no mesmo espaço, separados apenas por finas paredes, cada qual quer ter sua privacidade e aproveitar da melhor maneira possível, é ai que os condomínios mostram sua verdadeira natureza.

O outro lado da moeda é que, em troca da segurança dos condomínios, você deve se adaptar a uma vida mais aberta a interação social. Aos condôminos de primeira viagem é realmente difícil se adaptar a essa nova vida, sair do até então ambiente urbano, isolado e protegido em seu próprio núcleo familiar para uma vida mais exposta aos vizinhos, dividindo áreas de lazer, compartilhando de ideias e opiniões, conhecer e ser conhecido, ver e ser visto.

O novo indivíduo deve se adaptar rapidamente a todas essas mudanças, que irão não apenas atingir o seu modo de vida mas também a deu vizinho. Caso a adaptação não ocorra rapidamente, o indivíduo estará sensível a maiores cargas de estresse e confusões em conflitos, dos quais os mais comuns são:

• Barulho alto, ninguém está livre de um incômodo volume alto em músicas, brincadeiras de crianças, latido de cães, festas particulares entre outros;

• Obras e reformas causam bastante dor de cabeça e irritação, pessoas estranhas, barulhos de furadeiras, martelos, principalmente em horários inadequados;

Se adaptando a nova vida em condomínio

Depois da fase adaptação, é possível aproveitar as diversas opções de lazer que um condomínio oferece, principalmente os mais modernos condomínios clube, que possuem uma infraestrutura bem completa para o lazer e entretenimento de seus moradores. Opções como quadras esportivas, churrascaria, piscinas, salões de festas, pistas de cooper, academia, lan house, saunas, espaços gourmet, pets, espaços dedicados ao bem estar e saúde da mulher, área de lazer para as crianças menores, entre outros.

Como tudo em uma vida em condomínio possui seus altos e baixos, dependendo da perspectiva da pessoa, alguns diriam que tem mais altos do que baixos, enquanto outros diriam o contrário. O que é certo é que uma vida em condomínio possui suas vantagens e também suas desvantagens, a forma como a situação será encarada depende exclusivamente de pessoa a pessoa, de condomínio a condomínio.

Parte Administrativa de um Condomínio

O síndico profissional é muito importante para garantir a harmonia entre os condôminos e o funcionamento do condomínio, ajudando na parte administrativa, segurança e atuando no papel de fazer a intervenção entre os moradores, resolvendo os problemas de forma justa e harmoniosa e impedindo possíveis brigas e confusões.

Alguns condomínios trabalham com a ideia de um síndico morador, que seja proprietário e esteja sempre presente no condomínio e na vida dos moradores, outros preferem contratar um serviço de síndico terceirizado, onde o mesmo tenha um relacionamento mais distante para com os moradores e funcionários.

Essa escolha, independente de um síndico morador ou um terceirizado, não chega a interferir diretamente na vida dos moradores, pois os mesmos só precisam saber da existência do síndico, saber que alguém está empenhando esse papel. Já para os condomínios, geralmente os menores aderem ao síndico morador, que serviria bem aos prédios, auxiliado por uma boa administradora. Já o síndico terceirizado é mais recomendado para os grandes condomínios que possuam muitas unidades.

Fonte: SindicoNet

Encontre-nos no facebook